BB lança fundo de ações que investe em empresas de games

Lançamento busca surfar na onda de mercado promissor e atrair investidores mais jovens
Carteira inclui 27 ativos em setores como entretenimento doméstico interativo, mídia interativa, jogos e produtos eletrônicos de consumo (Josh Lefkowitz/Getty Images)
Carteira inclui 27 ativos em setores como entretenimento doméstico interativo, mídia interativa, jogos e produtos eletrônicos de consumo (Josh Lefkowitz/Getty Images)
R
Redação

Publicado em 15/04/2021 às 19:25.

Última atualização em 15/04/2021 às 19:26.

O Banco do Brasil (BB) lançou o fundo de ações temático BB Games BDR Nível I, que tem a maior parte de sua carteira investida em BDRs de empresas no exterior ligadas ao mercado de games. O produto, que tem proteção cambial, cobra taxa de administração de 1% ao ano, com taxa de performance de 20% sobre o que exceder o Nasdaq100. A aplicação inicial do fundo é de R$ 0,01.

Que tal investir com especialistas que selecionam a nata da nata dos fundos para o seu perfil? Conheça a EXAME Invest Pro

O fundo inclui em sua carteira 27 ativos, distrbuídos em setores como entretenimento doméstico interativo, semicondutores, tecnologia de hardware, mídia interativa, software de sistemas, software de aplicativos, jogos, produtos eletrônicos de consumo, infraestrutura de serviços de TI.

O intuito do fundo é despertar o interesse de clientes mais jovens por investimentos. Para investidores mais experientes, o intuito é atrair pelo potencial de rentabilidade e diversificação no exterior. Os jogos eletrônicos movimentaram 126,6 bilhões de dólares no último ano, com projeção de faturamento de 142,2 bilhões de dólares para 2021.

Os clientes podem investir por meio do app BB ou no app Investimentos BB, além do Internet Banking.

O que ponderar

Juliana Machado, especialista em fundos da EXAME Invest Pro, aponta que a escolha de um fundo temático tem de se basear nos mesmos pilares da escolha por um fundo tradicional.

"É necessário verificar se o produto inclui uma boa seleção de ações e tem gestão consistente e aderente à sua estratégia".

As taxas cobradas, complementa, devem ser as mais baixas possíveis, de modo que o fundo consiga competir com o fato de que pequenos investidores já podem investir diretamente em BDRs desde o ano passado.