Invest

Analista indica construtora para buscar dividendos; não é EVEN3, nem MRVE3

Veja a empresa de construção civil que já mostrou resiliência e pode gerar bons dividendos, segundo a Empiricus

Imagem: Canva / Montagem: Bruna Martins

Imagem: Canva / Montagem: Bruna Martins

Empíricus
Empíricus

Conteúdo Promocional

Publicado em 19 de junho de 2024 às 08h00.

Em qual ação do setor de construção civil investir agora em busca de dividendos? Para a maior casa de análise financeira independente do Brasil, a Empiricus Research, apenas uma construtora está em bom ponto de entrada na bolsa, agora, e é uma boa oportunidade para buscar proventos “gordos”. E não se trata nem de Even (EVEN3), nem de MRV (MRVE3).

O setor de construção civil é um dos mais cíclicos de toda a nossa economia. Isso porque, para a compra de um imóvel, normalmente é preciso o alinhamento de vários fatores, como boa poupança, salário, estabilidade no emprego e juros baixos para um financiamento acessível.

Além disso, a disponibilidade de incentivos governamentais, como os do Minha Casa, Minha Vida, fazem bastante diferença, em especial para construtoras de baixo ou médio padrão. 

E em um país onde as crises econômicas são intensas e o dinheiro é escasso, como no Brasil, a conjuntura para essas companhias se torna difícil. 

No entanto, uma empresa desse setor já mostrou sua resiliência mesmo em momentos complicados. Trata-se de uma companhia que conseguiu entregar vendas, com margens minimamente interessantes e prejuízos praticamente irrelevantes, nos anos de 2017 e 2018 – mesmo diante da péssima conjuntura daquele momento. 

Isso sem contar os resultados positivos da companhia que vieram logo na sequência (e as boas perspectivas futuras que você pode conferir abaixo).

Quem destaca essas características da companhia é Ruy Hungria, analista especialista em dividendos da Empiricus, empresa do grupo BTG Pactual. 

Não à toa, essa empresa de construção civil foi incluída na carteira recomendada de dividendos do analista.

Segundo Ruy, trata-se de uma companhia com grande potencial de elevar a distribuição de proventos a seus acionistas ao longo do tempo – e, portanto, de se tornar uma importante fonte de renda passiva para o investidor na bolsa.

NEM EVEN3, NEM MRVE3: VEJA A AÇÃO DE CONSTRUÇÃO CIVIL RECOMENDADA

Em qual construtora investir agora? Não é Even (EVEN3), nem MRV (MRVE3)

Quando se fala de construção civil, as ações da Even (EVEN3) e da MRV (MRVE3) são algumas das mais lembradas pelos investidores brasileiros. No entanto, nenhuma delas está entre as recomendações da Empiricus para quem busca a geração de renda com dividendos.

Na sua carteira mensal, o analista Ruy Hungria incluiu uma outra empresa do setor que tem histórico comprovado de boa execução (como você leu logo acima). 

“Os produtos diferenciados, um desempenho operacional acima da média, enorme disciplina financeira e de custos, além da manutenção do foco nas praças onde a companhia tem maior expertise, fazem essa construtora se destacar da maioria”, diz Hungria. 

Mas, além disso, ela reúne ótimas perspectivas de resultados para os próximos trimestres, na visão do analista. 

Observando as melhorias estruturais do setor recentemente e levando em consideração toda a disciplina financeira e operacional que ela já mostrou no último cenário catastrófico para o setor, Hungria vê essa companhia muito bem preparada, mesmo diante do pior cenário.

“Com a estrutura de capital defensiva dessa construtora e os múltiplos a que negocia em comparação com o histórico, vemos ela com um posicionamento único para capturar um novo ciclo de crescimento, caso ele venha a acontecer.” 

As ações dessa companhia da construção civil, recomendada por Hungria, negociam a um múltiplo Preço/Lucro de 5,7 vezes esperado para 2024, um valor “bem atrativo”, na visão do analista. 

“Além disso, com a estimativa da melhora de rentabilidade e geração de caixa, essa empresa tem capacidade de elevar sua distribuição de dividendos ao longo do tempo”, destaca. 

Ou seja: é uma ação de empresa de qualidade, que está barata na bolsa e que pode colocar um montante cada vez maior de dividendos na sua conta com regularidade. 

VEJA AQUI A RECOMENDAÇÃO COMPLETA DA CONSTRUTORA + TICKER 

O ‘filé’ da bolsa está nessa carteira recomendada de dividendos; acesse

Ruy Hungria está tão confiante no potencial dessa empresa de gerar dividendos “gordos” que a incluiu na sua carteira recomendada mensal.

Não é qualquer ação que integra esse portfólio: são apenas 5 papéis, selecionados a dedo pelo analista por terem todas as características que apenas as grandes “vacas leiteiras” da bolsa brasileira possuem. 

São companhias:

  • Com capacidade de geração de caixa livre comprovada;
  • Inseridas em grandes mercados;
  • De qualidade e com balanços sólidos;
  • Com modelos de negócio resilientes;
  • E com alto nível de liquidez das ações. 

Tudo isso faz com que essas empresas tenham o potencial de distribuir proventos de forma consistente e sustentável no longo prazo. 

A ideia dessa carteira recomendada é orientar você, investidor pessoa física, a fazer as melhores escolhas na hora de buscar renda passiva com dividendos. Por isso, o acesso à carteira é totalmente gratuito. 

É só você clicar aqui ou no botão abaixo e, em poucos minutos, o relatório com recomendação da construtora + 4 ações “vacas leiteiras” da bolsa estará disponível no seu celular ou computador:

DIVIDENDOS ‘GORDOS’: ACESSE A CARTEIRA COM 5 AÇÕES RECOMENDADAS

*Este conteúdo é apresentado por Empiricus.

Acompanhe tudo sobre:branded marketing

Mais de Invest

Veja o resultado da Mega-Sena concurso 2750: prêmio acumulado é de R$ 45 milhões

A bolsa da América do Sul que pode ser uma das mais beneficiadas pela IA

Magnificent 7: o papel das gigantes de tecnologia na estratégia de investimento

Ibovespa fecha em queda com incertezas fiscais no radar; dólar sobe para R$ 5,59

Mais na Exame