Americanas: forte queda das ações é oportunidade, avalia BTG

Banco enxerga potencial de alta superior a 50%, mas espera por maior volatilidade no curto prazo
Assista ao programa Abertura de Mercado, da EXAME Invest: saiba o que vai ser notícia no dia segundo a visão dos analistas e economistas do BTG Pactual e da Necton Investimentos (EXAME Invest/Reprodução)
Assista ao programa Abertura de Mercado, da EXAME Invest: saiba o que vai ser notícia no dia segundo a visão dos analistas e economistas do BTG Pactual e da Necton Investimentos (EXAME Invest/Reprodução)
Guilherme Guilherme
Guilherme GuilhermePublicado em 23/02/2022 às 09:03.

As ações da Americanas caíram mais de 11% nos dois primeiros pregões desta semana em meio à instabilidade de suas plataformas de e-commerce. O sites Americanas.com.br e Submarino.com.br vêm enfrentando problemas desde o fim de semana, quando a companhia identificou "acesso não autorizado" e decidiu suspender seus servidores. As perdas em volume bruto de mercadoria (GMV) são estimadas em até 100 milhões de reais para cada dia sem seus canais de vendas online. O prejuízo já supera 2 bilhões em valor de mercado.

A desvalorização dos papéis, para analistas do BTG Pactual, pode ser uma oportunidade de compra para investidores que visam horizontes mais longos. Com preço-alvo de 45 reais, o BTG projeta cerca de 50% de alta para as ações da Americanas (AMER3). "É uma tese que gostamos para o longo prazo. Vemos a Americanas como uma das vencedoras do e-commerce", disse Luiz Temporini, analista do BTG Pactual no programa Abertura de Mercado, da EXAME Invest, desta quarta-feira, dia 23 de fevereiro.

No curto prazo, porém, Temporini espera um ambiente de maior volatilidade nas ações do setor e, especialmente, nas da Americanas. O analista citou a piora do cenário competitivo e taxas de inflação e juros mais altas como motivadores para a maior cautela do mercado sobre papéis de e-commerce. "Enquanto se manter a instabilidade no site da Americanas, ela vai perder resultado em um cenário em que todo mundo já está sofrendo com redução de margem", afirmou.

Assista ao programa, que é transmitido ao vivo de segunda a sexta, às 8h, no perfil da EXAME Invest no YouTube e no Instagram.

Se você ainda não conhece o programa, inscreva-se no canal da EXAME Invest para ficar sabendo da visão dos analistas de mercado e dos economistas.