Acompanhe:

Receita Federal paga restituição de lote residual do Imposto de Renda nesta quarta-feira

O pagamento será feito diretamente na conta informada na declaração do Imposto de Renda

 (Arquivo/Agência Brasil)

(Arquivo/Agência Brasil)

D
Da Redação

30 de novembro de 2022, 06h44

Receita Federal libera nesta quarta-feira (30) o crédito bancário para contribuintes que caíram na malha fina e acertaram as contas com o Fisco. O pagamento será feito diretamente na conta informada na declaração do Imposto de Renda. Ao todo, são 556.685 contribuintes que declararam em anos anteriores foram contemplados. O valor creditado é de R$ 1.200.000.000,00.

Desse total, R$ 607.928.834,99 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal, sendo 15.889 contribuintes idosos acima de 80 anos, 115.654 entre 60 e 79 anos, 10.306 com alguma deficiência física ou mental ou, segundo a Receita Federal, tem alguma moléstia grave e 47.774 com maior fonte de renda o magistério. Então, foram contemplados ainda 367.062 não prioritários.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Se a restituição não for depositada na conta informada na declaração, como no caso de conta desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Nesse caso, o cidadão poderá agendar o crédito em qualquer conta bancária em seu nome, por meio do Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento do banco, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição depois de um ano, deverá realizar um requerimento do valor no Portal e-CAC. Ao entrar na página, o cidadão deve acessar o menu “Declarações e Demonstrativos”, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, no campo "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".