Minhas Finanças

Preços dos carros mais vendidos aumentaram até 30% em 2021

Levantamento leva em conta os dez modelos mais vendidos segundo a Fenabrave

Entre os carros que mais subiram de preço, sem alterações relevantes na troca de ano modelo, o Fiat Mobi lidera com 30,4% de alta (Reprodução/Reprodução)

Entre os carros que mais subiram de preço, sem alterações relevantes na troca de ano modelo, o Fiat Mobi lidera com 30,4% de alta (Reprodução/Reprodução)

Marília Almeida

Marília Almeida

Publicado em 31 de janeiro de 2022 às 16h22.

Última atualização em 1 de fevereiro de 2022 às 10h51.

Os preços dos carros mais vendidos do ano passado subiram, em média, 25,4%. É o que aponta a KBB Brasil, especializada em pesquisa de preços de veículos.

Entre os carros que mais subiram de preço na lista dos mais vendidos, sem alterações relevantes na troca de ano modelo durante 2021, o Fiat Mobi lidera com 30,4% de acréscimo de preço.

Onde Investir em 2022? Faça o teste e descubra se você está preparado para encontrar as melhores oportunidades de investimento do ano!

Para fazer o levantamento, a KBB Brasil comparou os preços médios 0 km de cada um dos carros mais vendidos em janeiro de 2021 em relação aos respectivos preços médios em dezembro de 2021. O resultado, portanto, significa comparar os preços dos anos modelos 2021, existentes no começo do ano passado, contra os preços da linha 2022 de cada um deles no final do ano.

Os carros 0 km à venda no país em 2021 tiveram aumento médio de 9% ao longo dos 12 meses do ano passado, índice que sobe para 18,4%, caso sejam considerados apenas os anos modelos 2022.

O Hyundai Creta foi o modelo que mais subiu de preço em 2021: passou de R$ 90,4 mil em janeiro de 2021, em média, para R$ 122,1 mil em dezembro, uma variação de 35%. É necessário, contudo, ressaltar que o modelo trocou de geração e passou a oferecer motor, equipamentos e tecnologias mais avançados na linha 2022.

A mesma ressalva deve ser feita para a Fiat Toro e Jeep Compass, que registraram aumentos de 17,8% e 14,8%, respectivamente. Ambos tiveram reestilizações no ano passado quando trocaram de linha 2021 para 2022, sobretudo por conta da estreia do motor 1.3 GSE turbo.

Metodologia

A consultoria utiliza tecnologias de análise de dados e big data para produzir os levantamentos.

O processamento é realizado por um algoritmo alimentado semanalmente por uma base com mais de 800 mil informações de preços de diferentes fontes do mercado. Todos os preços são públicos e podem ser consultados gratuitamente no site.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

Acompanhe tudo sobre:CarrosEXAME-no-InstagramGuia de Carrosorcamento-pessoalplanejamento-financeiro-pessoalPreços de carros novosrenda-pessoal

Mais de Minhas Finanças

Casal que ganhou R$ 324 milhões em loteria americana perde fortuna com investimentos mal-sucedidos

INSS volta a exigir perícia médica para prorrogar 'auxílio-doença'; entenda

Conheça as vantagens do Cartão BTG Black e saiba como pedir o seu

Abono salarial PIS/Pasep 2024: veja calendário de pagamento

Mais na Exame