Planos de saúde: consultas ilimitadas a psicólogos e fisioterapeutas entram em vigor

Usuários de planos de saúde regulados também têm, a partir desta segunda-feira, 1, cobertura ilimitada para fonoaudiologia e terapia ocupacional
Cartão de plano de saúde: medida vale para usuários com qualquer diagnóstico, de acordo e inclui todos os planos regulamentados (PhotoAlto/Frederic Cirou/Getty Images)
Cartão de plano de saúde: medida vale para usuários com qualquer diagnóstico, de acordo e inclui todos os planos regulamentados (PhotoAlto/Frederic Cirou/Getty Images)
R
Redação Publicado em 01/08/2022 às 14:52.

Entra em vigor nesta segunda-feira, 1, a resolução normativa da ANS que aprovou o fim da limitação do número de consultas e sessões nos planos de saúde com psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas.

A medida vale para usuários com qualquer diagnóstico, de acordo com a indicação do médico assistente, e inclui todos os planos regulamentados (contratados após e Lei nº 9.656/1998 ou adaptados à Lei) que tiverem cobertura ambulatorial (consultas e exames).

Tenha acesso agora a todos materiais gratuitos da EXAME para investimentos, educação e desenvolvimento pessoal

A exceção são contratos em período de carência para consultas ou sessões, que terão que aguardar o término da carência para ter direito à assistência.

Histórico

A resolução foi aprovada em reunião extraordinária da ANS realizada no dia 11 de julho e tem como objetivo promover a igualdade de direitos aos usuários da saúde suplementar e padronizar o formato dos procedimentos atualmente assegurados, relativos a essas categorias profissionais.

Essa é a 9ª atualização do Rol de Procedimentos neste ano: desde janeiro foram incluídos 24  procedimentos no rol da ANS, entre exames, tratamentos e medicamentos, além de outras atualizações.

'Órfãos' dos planos de saúde recorrem a healthtechs, que dobram no Brasil
ANS: planos de saúde registram 49,6 milhões de beneficiários no país