Minhas Finanças

Jogos ou filmes? Veja planos de TV por assinatura mais baratos por perfil

Pesquisa da Proteste avaliou 27 planos de TV por assinatura no Rio de Janeiro e em São Paulo

Controle remoto e TV: é possível pagar até 76% menos escolhendo o plano certo (marcociannarel/Thinkstock)

Controle remoto e TV: é possível pagar até 76% menos escolhendo o plano certo (marcociannarel/Thinkstock)

Marília Almeida

Marília Almeida

Publicado em 9 de fevereiro de 2020 às 07h00.

Última atualização em 9 de fevereiro de 2020 às 08h00.

São Paulo - Escolher um planos de TV por assinatura adequado à sua necessidade permite poupar 68% do valor pago por ano. É o que conclui uma pesquisa da Proteste, que avaliou planos de TV por assinatura oferecidos pelas principais operadoras do país em São Paulo e no Rio de Janeiro.

No estudo, foram considerados os valores cobrados para contratação de um ponto em novembro do ano passado nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Foram incluídas na pesquisa as operadoras Claro, Oi, Net, Vivo e Sky.

Os preços usados na pesquisa foram coletados nos sites das operadoras e considera o valor praticado nos doze primeiros meses do contrato, já incluído custo de instalação e equipamentos.

Além de pesquisa de preços, a Proteste também levou em conta na avaliação a pontuação das operadoras em pesquisa anual da Anatel, que avalia qualidade de imagem, diversificação de canais, interrupção da transmissão. Não foram incluídos combos no levantamento: apenas planos de TV paga.

Veja abaixo as melhores opções para usuários com perfil básico, família, para quem gosta esportes e para quem prefere filmes e séries:

PerfilClaroNetOiSkyVivo
BásicoFácil HD 100 Canais - R$ 839,88Facil HD - 21 canais - R$ 839,88Start HD - 126 Canais - R$ 2.278,80Easy HD - 135 Canais - R$ 539,40Super HD - 42 Canais - R$ 1.019,88
FamíliaMix HD 200 Canais - R$ 1.199,88Mix HD 200 Canais R$ 1.199,88Mix HD - 164 Canais - R4 3.490,80Mega Plus II HD - 194 Canais - R$ 899,40Ultimate HD - 89 Canais - R$ 1.599,88
EsportesTop HD 250 Canais - R$ 1.559,88Top 4K - 265 Canais - R$ 1.679,88Mix HD - 164 Canais - R4 3.490,80Fun II HD - 60 Canais - R$ 749,40Ultimate HD - 89 Canais - R$ 1.599,88
Filmes e SériesTop 4K + 250 + Now - R$ 2.519,88Top 4K 265 Canais - R$ 1.679,88Total HD - 194 Canais - R$ 2.878,80Media Center Top - 214 Canais - R$ 2.399,40Full HD - 103 Canais - R$ 2.339,88

Perfil Básico

O perfil básico quer ter um mínimo de canais desejados: três canais de filmes e séries, três de programação infantil, um canal de esportes, três de documentários, dois de notícias e quatro de variedades.

Na pesquisa, a Proteste verificou uma diferença de 76% do valor do plano mais caro, oferecido pela Oi, do mais barato, vendido pela Sky. A economia anual é de 1.739,40 reais por ano.

Perfil Família

Já o perfil família quer ter acesso a uma programação mais variada sem gastar muito. Nesse pacote há pelo menos cinco canais de filmes e séries, com no mínimo dois entre Universal Channel, HBO, Warner e Telecine; cinco canais infantis, entre eles dois entre Cartoon Network, Disney Channel e Nickelodeon; três canais de esportes, com dois entre Band Sports, ESPN, Fox Sports e SportTV; quatro de documentários, com um mínimo de dois entre Discovery Channel, National Geographic e History Channel; pelo menos dois canais de notícias, incluindo Globonews e Bandnews, e um mínimo de cinco canais de variedades.

No perfil Família, quem opta pelo plano mais barato ao invés do mais caro pode ter uma economia de 2.591,40 reais, um valor 74% mais baixo,

Perfil Esportes

O perfil conta com, no mínimo, sete canais esportivos, incluindo Bandsports, ESPN, Fox Sports e SporTV, com pelo menos dois deles em HD e dois canais de notícias. Esse pacote não considera opções infantis, de documentários, variedades e de filmes e séries, desde que tenha ao menos um de cada.

Esse perfil é o que registra a maior variação de preço: 79%, o que permite uma economia de 2.741,40 reais por ano. O valor mais barato é o praticado pela Sky, enquanto o mais caro é vendido pela Oi.

Perfil Filmes e séries

São ao menos dez canais, com no mínimo três entre Universal Channel, HBO, Warner e Telecine, todos em HD. O pacote não leva em consideração os canais infantis, de esportes, documentários e variedades, desde que tenha pelo menos um de cada.

Entre os planos de TV por assinatura que se enquadram no perfil há uma variação de preço de até 42%. A Net é a que cobra o valor mais barato, enquanto a Oi tem o plano mais caro. A economia possível nesse perfil chega a 1.198,92 reais por ano.

Fique atento

A Proteste aconselha a nunca comparar os preços dos combos de TV paga das operadoras apenas pelo número de canais oferecidos. Isso porque as empresas costumam incluir na conta os canais de áudio e também os abertos. Ou seja, o número de canais pagos pode reduzir bastante caso eles sejam retirados do cálculo. É recomendável, portanto, avaliar um a um.

Contrate apenas os serviços que vá utilizar. Caso a operadora ofereça bônus, prefira descontos.

Algumas operadoras também oferecem planos pré-pagos, que apenas exigem a compra de equipamentos de transmissão e recargas periódicas com valor, em geral, baixo. É uma opção para quem não quer ter um custo fixo com mensalidade e nem quer ser fidelizado em um plano anual.

Caso o consumidor utilize mais um serviço da operadora, como telefonia móvel, a Proteste recomenda verificar se a contratação de um combo fica mais em conta.

Direitos

Para economizar, a cada ano o consumidor tem o direito de pedir a suspensão do serviço de TV paga por no mínimo 30 dias e no máximo 120 dias. O recurso é utilizado caso o consumidor tire férias e não vai utilizar o serviço por conta de uma viagem.

Uma lei sancionada em maio do ano passado permite que o cancelamento do serviço de TV por assinatura possa agora ser feito pela internet ou pessoalmente em uma loja da operadora.

Acompanhe tudo sobre:NETorcamento-pessoalplanejamento-financeiro-pessoalProtesteSky TVTV pagaVivo

Mais de Minhas Finanças

Resultado da Mega-Sena concurso 2716; prêmio é de R$ 2,5 milhões

Justiça Federal libera quase R$ 2,4 bilhões para pagamentos atrasados do INSS; veja como consultar

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio estimado em R$ 3,5 milhões

Quina acumulada: quanto rendem R$ 55 milhões na poupança

Mais na Exame