Minhas Finanças

Os cartões de créditos com as menores taxas, segundo a Proteste

Alguns cartões anunciam não cobrar anuidade, mas vinculam a isenção a um gasto mínimo ou a um período

Cartão de crédito: Nova medida do BC vai ajudar consumidor a controlar valor da fatura (creisinger/Thinkstock)

Cartão de crédito: Nova medida do BC vai ajudar consumidor a controlar valor da fatura (creisinger/Thinkstock)

Júlia Lewgoy

Júlia Lewgoy

Publicado em 5 de novembro de 2018 às 05h00.

Última atualização em 5 de novembro de 2018 às 05h00.

São Paulo - A associação de consumidores Proteste comparou a anuidade e a taxa de juros do crédito rotativo de 129 cartões de crédito, de 16 instituições financeiras. Os juros são cobrados quando o consumidor não paga toda a fatura até o vencimento.

Entre os cartões de crédito analisados, os únicos que são, de fato, livres de anuidade são Nubank, Credicard Zero, Hipercard, Digio e Banco Inter (Gold, Platinum e Black).

Algumas opções do mercado anunciam não cobrar anuidade, mas vinculam a isenção a um gasto mínimo, como o Ourocard Fácil, do Banco do Brasil, e o Santander Free, do Santander. Outras isentam apenas no primeiro ano de uso, como alguns cartões do Banrisul e o Ourocard Elo Mais, do Banco do Brasil.

A seguir, confira as taxas de juros do rotativo cobradas pelos cartões isentos de anuidade:

Cartão sem anuidadeTaxa de juros do rotativo (% ao ano)
Banco Inter (Gold, Platinum Black)79,59
Digio249,47
Credicard Zero290,52
Nubank385,16
Hipercard588,94

Taxa de juros do rotativo

Os cartões de crédito com os maiores juros do rotativo são do Banco Pan, cuja taxa chega a 829,98% ao ano. Este é o segundo ano consecutivo que os cartões da instituição têm os juros mais altos. Se o cliente pagar apenas o mínimo, 20%, de uma fatura de 3 mil reais, por exemplo, pagará 490 reais só de juros no mês seguinte.

Já os cartões de crédito com as menores taxas do rotativo, de 79,59% ao ano, são do Banco Inter.

É sempre melhor pagar toda a fatura até o vencimento, mas, para quem entrou no rotativo, a dica é tentar trocar a dívida por outra com taxa de juros mais baixa, como um crédito consignado ou um crédito pessoal. Também vale tentar renegociar o prazo de pagamento, juros menores ou a quitação à vista com desconto.

A seguir, confira os cartões que cobram as maiores e as menores taxas de juros no rotativo:

As maiores taxas

CartãoTaxa de juros do rotativo (% ao ano)
Banco Pan Nacional e Internacional829,98
Banco Pan Gold743,47
Banrisul Classic e Satandard620,73
Hipercard588,94
Banrisul Gold549,57
Banco Votorantim Gold501,39
Banco Pan Platinum478,89

As menores taxas

CartãoTaxa de juros do rotativo (% ao ano)
Banco Inter Gold, Platinum e Black79,59
Itaucard Master Black e Multiplus Visa Infinite92,59
Ourocard Master Black e Visa Infinite105,59
Citi Black136,32
Caixa Elo Nanquim, Masterblack e Visa Infinite151,82
Santander Aadvantage Black171,82

 

Acompanhe tudo sobre:BancosCartões de créditoConsumidoresJurosProtesteTaxas

Mais de Minhas Finanças

Mega-sena acumula novamente e prêmio vai a R$ 65 milhões

Veja o resultado da Mega-Sena concurso 2752: prêmio acumulado é de R$ 58,1 milhões

Receita libera consulta ao 3º lote de restituição do IR 2024; veja como consultar

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 61 milhões

Mais na Exame