O conselho de Elon Musk para se proteger da inflação

O homem mais rico do mundo pode ter mudado de ideia? Elon Musk conta como se proteger da inflação
Elon Musk aconselha possuir 'coisas físicas' como casas e ações quando a inflação está alta – mas diz que não venderá seu bitcoin, ether e dogecoin (picture alliance / Colaborador/Getty Images)
Elon Musk aconselha possuir 'coisas físicas' como casas e ações quando a inflação está alta – mas diz que não venderá seu bitcoin, ether e dogecoin (picture alliance / Colaborador/Getty Images)
Por Bibiana GuaraldiPublicado em 14/03/2022 10:11 | Última atualização em 14/03/2022 10:31Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, e a pessoa mais rica do mundo, disse nesta segunda-feira (14) que era melhor possuir coisas físicas em vez de dólares americanos quando a inflação está alta. Ele pareceu abrir uma exceção para criptomoedas, no entanto.

Elon Musk aconselhou que é melhor possuir “coisas físicas”, como imóveis e ações – mas acrescentou que não venderá suas participações em bitcoin, ether e dogecoin.

Em uma thread no Twitter discutindo a inflação, Musk disse: "Como princípio geral, para aqueles que procuram conselhos neste tópico, geralmente é melhor possuir coisas físicas como uma casa ou ações de empresas que você acha que fazem bons produtos, do que dólares quando a inflação é alta." Mas fez uma ressalva: "Eu ainda possuo e não vou vender meu Bitcoin, Ethereum ou Doge".

Ao longo dos anos, Musk comprou mais de US$ 100 milhões em propriedades residenciais na Califórnia. No entanto, o conselho do bilionário parece seguir o ditado “faça o que eu digo, não faça o que eu faço”.

Musk se desfez de grande parte de seus imóveis, depois de anunciar em maio de 2020 que planejava vender "quase todos" seus pertences físicos, incluindo seu portfólio de propriedades multimilionárias. Ele vendeu sua última casa restante em dezembro de 2021.

Inflação

A inflação anual nos EUA atingiu 7,9% em fevereiro, a maior desde 1982, de acordo com o Departamento de Trabalho americano.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), principal métrica da inflação brasileira, variou 1,01% em fevereiro, a maior alta para o mês desde 2015 e encerrando a sequência de desaceleração que vinha ocorrendo desde outubro. No acumulado de 12 meses até fevereiro, o índice teve alta de 10,54%.

Elon Musk e criptoativos

O empresário bilionário é um defensor das criptomoedas, embora com ressalvas. Ele costuma expressar apoio ao dogecoin e já discutiu os méritos da criptomoeda com figuras importantes da indústria de tecnologia.

De acordo com o Business Insider, a Tesla disse que comprou cerca de US$ 1,5 bilhão em bitcoin no início de 2021, para ser usado como proteção contra a inflação.

O preço das ações da Tesla caiu cerca de 35% este ano, derrubando a fortuna de Musk em cerca de um quarto – mas ele ainda é a pessoa mais rica do mundo, com um patrimônio líquido de cerca de US$ 206 bilhões, segundo o Bloomberg Billionaires Index.