Invest

Leilão de móveis de alto padrão da Kwara com Cyrela tem oportunidades a partir de R$ 40

Ao todo, serão leiloados 2 mil itens com descontos que chegam até a 95% em relação aos valores de mercado

Leilão: móveis de alto padrão são leiloados em São Paulo (Kwara/Divulgação)

Leilão: móveis de alto padrão são leiloados em São Paulo (Kwara/Divulgação)

Rebecca Crepaldi
Rebecca Crepaldi

Repórter de finanças

Publicado em 8 de novembro de 2023 às 11h47.

Última atualização em 8 de novembro de 2023 às 12h25.

Até o dia 17 de novembro, a Kwara, marketplace de leilão de bens e produtos, em parceria com a Cyrela, realiza um leilão de móveis de luxo. Os lances partem de apenas R$ 40 e o desconto médio dos bens é de 95% em relação a seus valores novos no mercado.

Ao todo, serão leiloados mais de 2 mil itens de três apartamentos decorados de alto padrão em São Paulo, agrupados em mais de 850 lotes. Dentre as oportunidades, é possível encontrar refrigeradores, fogões, TVs, armários, sofás, peças assinadas, camas, itens de paisagismo, entre diversos outros.

“O mercado de leilões cresceu bastante após a pandemia, e continua vivenciando essa expansão. Há muitas oportunidades para quem está buscando mobiliar a casa ou o escritório”, ressalta Henri Zylberstajn, CEO da Kwara.

É possível também encontrar peças de vestuário, calçados, acessórios, itens de decoração para casa e escritório, peças infantis, e mais uma infinidade de produtos.

Leia também:

Como participar do leilão de móveis?

Os lotes estão localizados no bairro de Moema, em São Paulo (SP) e as visitações acontecem até o dia 16 de novembro, das 9h às 17h.

No site, é possível consultar os lances mínimos e todos dados na sequência, além de fotos e mais informações sobre os produtos. Todas as negociações serão feitas de forma online.

Acompanhe tudo sobre:LeilõesMóveisLuxo

Mais de Invest

Ibovespa opera em alta e recupera os 128 mil pontos com CPI surpreendente

CSU Digital (CSUD3) paga JCP nesta quinta-feira; veja se você tem direito

CPI dos EUA, vendas do varejo e repercussão de reforma tributária: o que move o mercado

Como um fundo gerido por robôs tem superado a crise dos multimercados

Mais na Exame