Pagamento obrigatório do licenciamento de veículos começa amanhã em São Paulo

Donos de veículos com placas terminadas em 1 e 2 devem regularizar a documentação referente ao período de 2022 até o dia 31 de julho
Detran.SP: não licenciar o veículo é uma infração gravíssima que pode acarretar uma série de problemas para o condutor, como remoção do veículo, multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira (Facebook/Divulgação)
Detran.SP: não licenciar o veículo é uma infração gravíssima que pode acarretar uma série de problemas para o condutor, como remoção do veículo, multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira (Facebook/Divulgação)
F
Fernanda BastosPublicado em 30/06/2022 às 16:00.

O licenciamento anual de veículos com registro no estado de São Paulo começa na sexta-feira, 1º de julho. O cronograma de pagamento é organizado pelo número final da placa do veículo, detalhe que o motorista deve se atentar.  O valor da taxa para licenciar o veículo é de R$ 144,86.

Em julho, os donos de veículos com placas terminadas em 1 e 2 devem regularizar a documentação referente ao período de 2022. A data limite é no dia 31, mas caminhões e caminhões-tratores são liberados do cronograma já que, para a modalidade, o licenciamento se inicia em setrembro.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

No ano passado, o cronograma começou em abril porém essa modificação aconteceu por conta do aumento – de 3 para 5 – no número de parcelas sobre o IPVA (Propriedade de Veículos Automotores) em 2022.

Mas, assim como em 2021, não haverá cobrança de taxa do seguro DPVAT em 2022, seguindo a decisão tomada pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP).

Desde janeiro deste ano, 6,6 milhões de condutores já realizaram o licenciamento antecipado que foi disponibilizado no Estado de São Paulo. O serviço online não leva em consideração o final de placa do veículo.

Licenciamento digital

Há a possibilidade de realizar o licenciamento digital para que o motorista não se desloque à uma unidade de atendimento do Detran.SP ou do Poupatempo para emitir a edição anual do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), documento obrigatório que permite a circulação veicular.

Depois de realizado o pagamento da taxa de licenciamento e débitos, o motorista poderá realizar o download e impressão do CRLV-e, no portal do Detran.SP, Poupatempo, no app “CDT – Carteira Digital de Trânsito” do Governo Federal ou ainda no portal de serviços da SENATRAN (Secretaria Nacional de Trânsito). É aconselhável que o documento seja impresso em folha A4 branca.

Como fazer o licenciamento

Para começar, é preciso informar o número do Renavam e pagar via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico nos bancos conveniados (Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Safra, Itaú, Caixa Econômica Federal) e nas Lotéricas, os débitos do veículo, como por exemplo: IPVA, possíveis multas e, é claro, a taxa de licenciamento.

O documento digital fica disponível para download e impressão no item ‘Licenciamento Digital’ nos portais do Detran.SP, Poupatempo e Senatran além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran.SP e Carteira Digital de Trânsito – CDT.

Por que licenciar o veículo

Vale lembrar que não licenciar o veículo é uma infração gravíssima que pode acarretar uma série de problemas para o condutor, como remoção do veículo, multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).