Como declarar poupança dos filhos no Imposto de Renda 2022?

A EXAME Invest, em parceria com a IOB, responderá as perguntas dos leitores até o fim do prazo de declaração
IR 2022: filhos e enteados podem ser dependentes na declaração, desde que tenham até 21 anos de idade (Arte/Exame)
IR 2022: filhos e enteados podem ser dependentes na declaração, desde que tenham até 21 anos de idade (Arte/Exame)
Por David Soares, analista editorial da IOBPublicado em 17/05/2022 06:00 | Última atualização em 17/05/2022 11:20Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Dúvida do leitor: as cadernetas de poupança dos filhos menores de 18 anos devem ser informadas na declaração do responsável? Em caso afirmativo, existe algum limite de valor?

Resposta de David Soares, analista editorial da IOB

Resposta: Caro leitor, sim. Os saldos em cadernetas de poupança de filhos menores devem ser incluídas no “Grupo 04 - Aplicações e Investimentos” da ficha “Bens e Direitos”, sob o código “01 - Depósitos em conta poupança”, da declaração do responsável, desde que eles constem como dependentes.

Filhos e enteados podem ser dependentes na declaração, desde que tenham até 21 anos de idade ou, em qualquer idade, se forem incapacitados física ou mentalmente para o trabalho. Se o filho completou 22 anos em 2021, ainda pode ser declarado como dependente neste ano.

Filhos e enteados também podem ser incluídos se tiverem até 24 anos de idade e estiverem cursando ensino superior ou escola técnica de segundo grau.

O filho é dependente apenas se tiver sua guarda judicial. Se os pais forem separados, por exemplo, o pai que não tem a guarda judicial e paga pensão alimentícia pode deduzir o valor da pensão, mas não pode fazer a dedução de outras despesas com o dependente.

A EXAME Invest, em parceria com a IOB, responderá às perguntas dos leitores sobre a declaração do Imposto de Renda. Os interessados devem enviar suas questões por e-mail até o fim de maio. O endereço é exameinvest@exame.com