Caixa deposita lucro do FGTS; veja como consultar

Com o crédito dos valores, as contas de FGTS contempladas alcançaram rentabilidade de 5,83% ao ano
FGTS: Conselho Curador do FGTS (CCFGTS) autorizou a distribuição de 99% do resultado do Fundo apurado em 2021 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
FGTS: Conselho Curador do FGTS (CCFGTS) autorizou a distribuição de 99% do resultado do Fundo apurado em 2021 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Karla Mamona
Karla Mamona

Publicado em 27/07/2022 às 10:34.

Última atualização em 27/07/2022 às 16:25.

A Caixa informou nesta quarta-feira, 27, que concluiu a distribuição do lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) do ano passado, um total de 13,2 bilhões de reais. Ao todo, 106,7 milhões de trabalhadores receberam uma parte do lucro. De acordo com o banco, o pagamento foi finalizado com mais de 30 dias de antecedência do prazo legal, previsto para até 31 de agosto.

O Conselho Curador do FGTS (CCFGTS) aprovou sem ressalvas, em 22 de julho, o balanço do FGTS de 2021, e autorizou a distribuição de 99% do resultado do Fundo apurado no mesmo exercício, de 13,3 bilhões de reais, para 207,8 milhões de contas do FGTS, ativas e inativas.

Com o crédito dos valores, as contas de FGTS contempladas alcançaram rentabilidade de 5,83% ao ano, índice que corresponde a quase o dobro da correção da poupança em 2021, que foi de 2,99%, e superior ao CDI acumulado no mesmo período, que foi de 4,42%. O cálculo do índice de distribuição do Fundo foi feito com base em 99% do resultado do exercício anterior (13,2 bilhões de reais) dividido pelo saldo total das 207,8 milhões de contas.

Veja como consultar o saldo do FGTS

Para realizar a consulta ao valor creditado, o trabalhador pode acessar o App FGTS, disponível gratuitamente nas lojas de aplicativos das plataformas Android e iOS. É necessário realizar cadastro e senha.

Também é possível verificar o saldo e outras informações do seu FGTS no site da Caixa, basta fazer login e fazer sua consulta. Veja passo a passo:

Passo a passo

  • Acesse o endereço caixa.gov.br/extrato-fgts.
  • Informe o número do seu NIS ou CPF e clique em “cadastrar senha”.
  • Leia o regulamento e clique em “aceito”.
  • Preencha todos os campos com os seus dados pessoais.
  • Crie uma senha com até 8 dígitos, com letras e números, e confirme. Você será direcionado para a tela de login novamente.
  • Preencha os campos com NIS ou CPF, insira a senha cadastrada e o botão Acessar.

A Caixa também oferece um o serviço de envio de mensagens via SMS para o trabalhador acompanhar com regularidade os depósitos e saldo do FGTS. O cadastro é gratuito.

O trabalhador recebe informações mensais sobre os depósitos feitos pelo empregador e o saldo atualizado do seu Fundo de Garantia. Ele também será avisado quando houver valores liberados para saque. Para fazer a adesão, o interessado deve fazer o cadastro através do link no site do banco.

Como sacar o lucro do FGTS?

Os trabalhadores poderão sacar os valores creditados na distribuição de resultados de acordo com as regras estabelecidas pela Lei 8.036/90, como nos casos de demissão sem justa causa, aposentadoria, saque aniversário (para aqueles que forem optantes dessa modalidade de saque), aquisição de moradia própria e outros.

A Lei 8.036/90 também estabelece que os valores creditados nas contas de FGTS dos trabalhadores sejam proporcionais ao saldo existente no dia 31 de dezembro do ano anterior.

O que é a distribuição do lucro do FGTS?

É uma medida legal que tem como objetivo o incremento da rentabilidade das contas de FGTS do trabalhador, por meio da distribuição de parte do resultado positivo auferido pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, além da remuneração mensal realizada por meio da aplicação da TR mais 3% ao ano.

O resultado do Fundo é decorrente do retorno de suas aplicações e investimentos em habitação, saneamento, infraestrutura e saúde, fruto da governança do Conselho Curador do FGTS e atuação da Caixa como Agente Operador.