Bancos de montadoras oferecem pausa de 60 dias em financiamentos

Medida que vale por 60 dias foi adotada pela Ford, Volkswagen, Toyota e Peugeot Citroën
Logo da Ford: banco da montadora é o único a oferecer condição por 90 dias (Ginnette Riquelme/Reuters)
Logo da Ford: banco da montadora é o único a oferecer condição por 90 dias (Ginnette Riquelme/Reuters)
Marília Almeida
Marília Almeida

Publicado em 09/04/2020 às 05:00.

Última atualização em 15/04/2020 às 15:58.

Assim como os grandes bancos e financeiras, os bancos das montadoras também decidiram aderir à medida da Febraban de pausar parcelas do financiamentos por 60 dias. O objetivo é ajudar clientes a ganharem fôlego financeiro para enfrentar a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Ao menos quatro bancos estão oferecendo a condição a clientes de forma irrestrita: Ford, Volkswagen, Toyota e Peugeot Citroën. A medida vale apenas para clientes com o pagamento das parcelas em dia.

Rafael Saliba, CEO do banco PSA, parte do grupo Peugeot Citroën, aponta que os clientes devem entrar em contato com as centrais atendimento, por email (centralatendbancopsa@psa-finance.com) e telefone, para fazer o pedido de pausa de 60 dias. "Avaliamos até mesmo prazos superiores, mas caso a caso".

A financeira tem recebido uma grande demanda de pedidos na última semana, desde que a medida foi anunciada pela Febraban. "Recebemos de 300 a 400 pedidos a mais do que recebíamos de postergação de parcelas por dia. Tivemos de ampliar a capacidade de atendimento das nossas centrais".

O pedido não é aprovado na mesma hora. É necessário formalizar uma documentação, que consiste em assinar um termo aditivo da parcela e enviá-lo por email. Mas Saliba aponta que se após o pedido uma parcela vencer sem que esse processo seja concluído, ela será automaticamente postergada. "O cliente não precisa realizar o pagamento. Não terá de pagar multa por isso".

A Ford oferece a clientes a possibilidade de transferir para o final do contrato até três parcelas do financiamento. Válida tanto para pessoas físicas como pessoas jurídicas, não é necessário fazer nenhum tipo de comprovação relacionada à saúde ou renda para usufruir da condição.

Exame Research — 30 dias grátis da melhor análise de investimentos

Os clientes que desejarem aderir devem entrar em contato com a Central de Atendimento da Ford Credit pelos telefones 4004-4581 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 722-4581 (demais localidades) e manifestar a sua intenção. Feito isso, o cliente receberá uma proposta de renegociação de seu financiamento.

Os pagamentos adiados terão correção feita com base em juros de mercado e diluída nas prestações do contrato.

Já a Volkswagen Financial Services oferece a prorrogação do próximo pagamento em até 60 dias, mantendo a taxa atual contratada, no caso de financiamento para clientes de CDC (Crédito Direto ao Consumidor).

Basta acessar o canal Fale Conosco, no Acesso do Cliente, enviar a solicitação pelo combo Renegociação-60 dias ou via Central de Relacionamento (4003-6636 para Capitais e Regiões Metropolitanas e 0800-7701936 para demais localidades).

No Banco Toyota, o cliente que tiver interesse, poderá optar por prorrogar as próximas três parcelas do seu financiamento, que atualmente oferecem taxas de juros a partir de 0,98% ao mês. "O processo é simples, rápido e digitalizado e deve ser feito, preferencialmente, por meio do site do Banco Toyota do Brasil S.A.", afirma o banco, em nota.

O BMW Group Brasil recomenda que os clientes entrem em contato pelo SAC (0800 019 9797) e promete apoiar individualmente eventuais necessidades.

É importante apontar que as duas parcelas mensais do financiamento do carro zero que serão pagas posteriormente, ao final do financiamento ou diluídas ao longo do prazo restante do contrato, incorrem em pagamento de mais juros, já que o saldo devedor será maior por mais tempo. Ou seja, a opção vale a pena apenas no caso de necessidade e para evitar a tomada de outros empréstimos.

Como esse pagamento adicional de juros varia conforme os juros cobrados, valor das prestações e prazo restante do financiamento, o cliente deve se informar no banco quanto a mais irá pagar pelo financiamento ao optar pela pausa das parcelas.