• AALR3 R$ 20,16 0.50
  • AAPL34 R$ 68,67 -1.76
  • ABCB4 R$ 17,14 3.19
  • ABEV3 R$ 14,11 -0.77
  • AERI3 R$ 3,77 -0.26
  • AESB3 R$ 10,73 0.47
  • AGRO3 R$ 31,15 1.73
  • ALPA4 R$ 20,98 0.19
  • ALSO3 R$ 19,38 0.16
  • ALUP11 R$ 26,59 0.72
  • AMAR3 R$ 2,42 2.98
  • AMBP3 R$ 30,44 -2.40
  • AMER3 R$ 23,48 2.31
  • AMZO34 R$ 68,43 1.11
  • ANIM3 R$ 5,55 0.18
  • ARZZ3 R$ 80,82 -1.26
  • ASAI3 R$ 15,41 0.06
  • AZUL4 R$ 21,23 0.00
  • B3SA3 R$ 11,70 1.30
  • BBAS3 R$ 35,68 -0.64
  • AALR3 R$ 20,16 0.50
  • AAPL34 R$ 68,67 -1.76
  • ABCB4 R$ 17,14 3.19
  • ABEV3 R$ 14,11 -0.77
  • AERI3 R$ 3,77 -0.26
  • AESB3 R$ 10,73 0.47
  • AGRO3 R$ 31,15 1.73
  • ALPA4 R$ 20,98 0.19
  • ALSO3 R$ 19,38 0.16
  • ALUP11 R$ 26,59 0.72
  • AMAR3 R$ 2,42 2.98
  • AMBP3 R$ 30,44 -2.40
  • AMER3 R$ 23,48 2.31
  • AMZO34 R$ 68,43 1.11
  • ANIM3 R$ 5,55 0.18
  • ARZZ3 R$ 80,82 -1.26
  • ASAI3 R$ 15,41 0.06
  • AZUL4 R$ 21,23 0.00
  • B3SA3 R$ 11,70 1.30
  • BBAS3 R$ 35,68 -0.64
Abra sua conta no BTG

Auxílio emergencial: nascidos em abril devem atualizar cadastro no app

A atualização cadastral está sendo realizada de forma escalonada, seguindo o mês de nascimento dos beneficiários do programa
Auxílio emergencial: a atualização é feita pelo celular, não sendo preciso ir até uma agência do banco (Agência Brasil/Marcello Casal Jr)
Auxílio emergencial: a atualização é feita pelo celular, não sendo preciso ir até uma agência do banco (Agência Brasil/Marcello Casal Jr)
Por Karla MamonaPublicado em 20/03/2021 08:06 | Última atualização em 19/03/2021 22:09Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Os trabalhadores nascidos em abril que receberam o auxílio emergencial devem atualizar os seus dados cadastrais a partir deste sábado, 20. 

A atualização é feita pelo celular, não sendo preciso ir até uma agência da Caixa. No aplicativo Caixa Tem, o usuário deve acessar a conversa “Atualize seu cadastro” e enviar a documentação solicitada: foto (selfie) e um documento de identificação (RG ou CNH).

A atualização cadastral está sendo realizada de forma escalonada, seguindo o mês de nascimento dos beneficiários do programa. Na segunda-feira, dia 22, será a vez dos nascidos em maio. A atualização segue até o dia 31 de março, com os nascidos em dezembro.

Veja o calendário:

Data para atualização Mês de nascimento
A partir do dia 14/03 Janeiro
A partir do dia 16/03 Fevereiro
A partir do dia 18/03 Março
A partir do dia 20/03 Abril
A partir do dia 22/03 Maio
A partir do dia 23/03 Junho
A partir do dia 24/03 Julho
A partir do dia 25/03 Agosto
A partir do dia 26/03 Setembro
A partir do dia 29/03 Outubro
A partir do dia 30/03 Novembro
A partir do dia 31/03 Dezembro

Nova rodada: veja os valores

O presidente Jair Bolsonaro assinou a medida provisória com as regras para a nova rodada do auxílio emergencial, detalhando valores e grupos que serão beneficiados. Serão quatro parcelas mensais, pagas a partir de abril a 45,6 milhões de famílias -- 22,6 milhões a menos do que na primeira rodada, concedida a 68,2 milhões de pessoas. Os repasses variam de 150 reais a 375 reais, a depender da composição familiar.

O calendário de pagamento da nova rodada do auxílio emergencial está pronto, anunciou o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. As datas de pagamento, no entanto, dependem de validação do presidente Jair Bolsonaro, que entregará ao Congresso Nacional as medidas provisórias que autorizam a retomada do benefício social.

“Do ponto de vista técnico, estamos preparados desde 2020, fazendo esse equilíbrio entre o pagamento nas agências e no digital, tendo como objetivo básico ajudar as pessoas a receber os recursos e evitar aglomeração”, declarou Guimarães.

Ele explicou que o pagamento a 45,6 milhões de beneficiários seguirá o modelo adotado no segundo semestre do ano passado, com calendários escalonados para os trabalhadores informais e com o cronograma habitual do Bolsa Família para os participantes do programa social.

Veja Também

Onda de frio e neve: 5 dicas para economizar na conta de luz
Minhas Finanças
Há 3 horas • 3 min de leitura

Onda de frio e neve: 5 dicas para economizar na conta de luz