Auxílio Brasil: pagamento no valor de R$ 600 começa hoje; veja calendário e como sacar

A partir deste mês, o valor mínimo pago por família passa de R$ 400 para R$ 600, conforme Emenda Constitucional n° 123
Auxílio Brasil: pagamento seguirá de forma escalonada (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
Auxílio Brasil: pagamento seguirá de forma escalonada (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
Karla Mamona
Karla MamonaPublicado em 09/08/2022 às 06:02.

O pagamento do Auxílio Brasil no valor de R$ 600 com o vale-gás, no valor de R$ 110, começa nesta terça-feira, 9.  O pagamento será realizado pela Caixa e os primeiros a receber são os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 1.

A partir deste mês, o valor mínimo pago por família passa de R$ 400 para R$ 600, conforme Emenda Constitucional n° 123. Os valores estão disponíveis para consulta nos aplicativos Auxílio Brasil e CAIXA Tem. No extrato do aplicativo do programa, os R$ 200 a mais aparecem como “benefício complementar”. Este valor adicional será pago até dezembro. O pagamento seguirá de forma escalonada, de acordo com o final do NIS do beneficiário, com término previsto para 22 de agosto conforme calendário abaixo:

Calendário Auxílio Brasil e Auxílio Gás

Número do NIS Data de pagamento
NIS com final 1 9 de agosto de 2022
NIS com final 2 10 de agosto de 2022
NIS com final 3 11 de agosto de 2022
NIS com final 4 12 de agosto de 2022
NIS com final 5 15 de agosto de 2022
NIS com final 6 16 de agosto de 2022
NIS com final 7 17 de agosto de 2022
NIS com final 8 18 de agosto de 2022
NIS com final 9 19 de agosto de 2022
NIS com final 0 22 de agosto de 2022

Auxílio Gás

De acordo com a Emenda Constitucional n° 123, cada família passa a receber, bimestralmente, 100% do valor da média nacional do botijão de gás de cozinha de 13 quilos (antes, eram pagos 50% do valor). Com isso, em agosto, o valor do Auxílio Gás será de R$ 110. O valor da parcela é recalculado a cada nova folha de pagamento. Atualmente, a folha conta com mais de 5,6 milhões de famílias beneficiárias.

Como sacar o Auxílio Brasil 

Nos dois programas, independente dos cartões físicos, os beneficiários podem movimentar os valores pelo aplicativo Caixa Tem, não sendo necessário ir até uma agência para realizar o saque. Pelo app Caixa Tem, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de mais de nove milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil. O beneficiário também pode realizar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nos canais lotéricos.

Quem recebe por meio de cartão pode continuar efetuando o saque pelos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, correspondentes Caixa Aqui, além das agências da Caixa. O banco informou que finalizou a produção de 4,7 milhões de novos cartões. As famílias que ingressaram no Programa a partir de agosto de 2022 receberão, nos endereços registrados no sistema do CadÚnico, o novo cartão do benefício para saques, transferências, consultas de saldo, pagamentos e compras na rede de estabelecimentos credenciados.

Quem pode participar do programa

Podem participar do programa as famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham, em sua composição, gestantes, mães que amamentam, crianças, adolescentes e jovens entre 0 e 21 anos incompletos.

As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$ 105,00 (cento e cinco reais). As famílias pobres são aquelas que têm renda familiar per capita de R$ 105,01 (cento e cinco reais e um centavo) e R$ 210,00 (duzentos e dez reais).

Para se candidatar ao Programa é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e tenha atualizado seus dados cadastrais nos últimos 2 anos. Mensalmente, o Ministério da Cidadania seleciona, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas para receber o benefício.

Vá além do básico. Assine a EXAME e tenha acesso ilimitado às principais notícias e análises.