ANS suspende temporariamente venda de 14 planos de saúde

A proibição começa a valer no dia 13 de março e ocorre devido a reclamações feitas pelos usuários no quarto trimestre de 2019
Planos de saúde: a ANS também liberou algumas operadoras para voltarem a ser comercializadas (Arquivo/Agência Brasil)
Planos de saúde: a ANS também liberou algumas operadoras para voltarem a ser comercializadas (Arquivo/Agência Brasil)
A
Agência BrasilPublicado em 09/03/2020 às 15:41.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu temporariamente a venda de 14 planos de saúde de cinco operadoras, em todo o país, devido a reclamações feitas pelos usuários no quarto trimestre de 2019. Esses planos atendem a 62.704 beneficiários que não serão afetados.

A proibição da venda começa a valer no próximo dia 13. Esses planos só poderão voltar a ser comercializados para novos clientes se as operadoras apresentarem melhora durante o período de monitoramento realizado pela ANS.

A medida, divulgada nesta segunda-feira (9), faz parte do Monitoramento da Garantia de Atendimento da agência, que acompanha o desempenho do setor.

Além das suspensões, a ANS também divulgou hoje a lista de planos que poderão voltar a ser comercializados. Nesse ciclo, 28 planos de 11 operadoras tiveram a venda liberada por meio do monitoramento.