Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Aluguel residencial sobe 2,02% no ano até outubro, menos que a inflação

De acordo com o Índice FipeZap, o valor médio de locação de imóveis residenciais encerrou outubro com estabilidade

Modo escuro

Continua após a publicidade
Com os resultados de 2018, o valor do metro quadrado dos imóveis residenciais foi a R$ 7.528, na média (KatarzynaBialasiewicz/Thinkstock)

Com os resultados de 2018, o valor do metro quadrado dos imóveis residenciais foi a R$ 7.528, na média (KatarzynaBialasiewicz/Thinkstock)

A
Angelo Pavini, da Arena do Pavini

Publicado em 22 de novembro de 2018 às, 08h41.

De acordo com o Índice FipeZap de Locação Residencial – que acompanha o preço de aluguel de imóveis em 15 cidades brasileiras – o valor médio de locação de imóveis residenciais encerrou outubro com estabilidade frente a setembro, com ligeira queda de -0,04%.

No mesmo período, a inflação medida pelo IPCA do IBGE foi de 0,45%. Portanto, os aluguéis estão perdendo para os demais preços da economia. Ou seja, o mercado segue favorável para quem procura um imóvel para alugar ou para renegociar reajustes de aluguéis antigos.

O levantamento considera apenas aluguéis novos, já que os contratos firmados são corrigidos pela inflação, em geral pelo IGP-M, que subiu em torno de 10% em 12 meses.

No ano, o Índice FipeZap de Locação acumula alta nominal de 2,02% até outubro, variação inferior à inflação, de 3,84%. Considerando os últimos 12 meses, os aluguéis novos acumulam alta nominal de 1,97%, variação inferior à inflação medida pelo IPCA, de 4,59%.

Em outubro, 8 das 15 cidades monitoradas pelo Índice FipeZap apresentaram alta igual ou superior a 0,10% no preço médio do aluguel residencial no mês, com destaque para as variações observadas em São Bernardo do Campo (+2,98%), Belo Horizonte (+0,99%) e Florianópolis (+0,61%) Já entre as cidades que registraram queda nos preços de locação residencial em outubro vale citar Santos(-0,60%), Rio de Janeiro (-0,43%) e Recife (-0,33%).

No acumulado do ano, entre as 15 cidades monitoradas, apenas três registraram recuo no preço nominal: Fortaleza (-2,95%), Rio de Janeiro (-2,81%) e Niterói (-1,89%). Entre as cidades que acumularam alta nominal de preço, as maiores variações foram observadas em: São Bernardo do Campo (+7,38%),Recife (+7,22%) e Curitiba (+5,54%).

Já em 12 meses, o destaque de alta são as cidades de Recife (+8,51%), Curitiba (+7,09%) e São Bernardo do Campo (+6,77%). Já entre as cidades que apresentaram queda nominal de preço estão Fortaleza (-3,92%): Niterói (-3,90%),e Rio de Janeiro (-3,66%).

Preço médio do aluguel

O preço médio do aluguel residencial em outubro nas cidades monitoradas foi de R$ 28,50 por metro quadrado. Entre elas, São Paulo foi a cidade com o maior valor médio de locação por metro quadrado (R$ 36,87), seguida por Rio de Janeiro (R$ 30,31) e Distrito Federal (R$ 29,44).

Já entre as cidades com menor valor de aluguel por metro quadrado entre as monitoradas pelo Índice FipeZap estão Fortaleza (R$15,67), Goiânia (R$15,85) e Curitiba (R$18,04).

Rentabilidade média do aluguel

Comparando-se o preço médio de locação com o preço médio de venda dos imóveis, é possível obter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por alugar seu imóvel. O indicador é relevante, em particular, para se avaliar a atratividade do mercado imobiliário em relação a outras opções de investimento disponíveis, lembra a Fipe. Com ligeiro aumento frente a 2017,o retorno médio anualizado do aluguel manteve-se em 4,4% em outubro.

O Índice FipeZap de Locação Residencial, desenvolvido em conjunto pela Fipe e pelo portal ZAP, acompanha o preço médio do m² de apartamentos prontos em 15 cidades brasileiras, com base em anúncios veiculados na internet. A metodologia utilizada para o cálculo do Índice FipeZap encontra-se disponível no site da Fipe.

*Este texto foi publicado originalmente no site Arena do Pavini.

Últimas Notícias

Ver mais
Poupança, CDB ou conta que rende? O que especialistas dizem sobre as aplicações

seloMinhas Finanças

Poupança, CDB ou conta que rende? O que especialistas dizem sobre as aplicações

Há 4 horas

Mega-Sena 2661 sorteia prêmio de R$ 37 milhões nesta quinta-feira; veja como apostar

seloMinhas Finanças

Mega-Sena 2661 sorteia prêmio de R$ 37 milhões nesta quinta-feira; veja como apostar

Há 4 horas

Caiu na malha fina? Receita Federal paga lote residual nesta quinta-feira

seloMinhas Finanças

Caiu na malha fina? Receita Federal paga lote residual nesta quinta-feira

Há 5 horas

Primeira parcela do 13º será paga hoje; veja como calcular e quando cai a 2ª parcela

seloMinhas Finanças

Primeira parcela do 13º será paga hoje; veja como calcular e quando cai a 2ª parcela

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Poupança, CDB ou conta que rende? O que especialistas dizem sobre as aplicações
Minhas Finanças

Poupança, CDB ou conta que rende? O que especialistas dizem sobre as aplicações

Veículo de luxo financiado? Entenda por que essa pode ser uma boa opção

Veículo de luxo financiado? Entenda por que essa pode ser uma boa opção

Mercado Livre de Energia inaugura uma nova era para as PMEs

Mercado Livre de Energia inaugura uma nova era para as PMEs

O que as lideranças devem ter no radar para 2024, segundo o CEO da Falconi

O que as lideranças devem ter no radar para 2024, segundo o CEO da Falconi

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais