5 dicas para conversar sobre finanças com os amigos

Com a abordagem certa, discutir sobre finanças com os amigos pode ser uma oportunidade para compartilhar dicas, experiências e conhecimentos em educação financeira
Finanças pessoais: ao frequentar bares e restaurantes com os amigos, é recomendado que cada um tenha a sua comanda individual (10'000 Hours/Getty Images)
Finanças pessoais: ao frequentar bares e restaurantes com os amigos, é recomendado que cada um tenha a sua comanda individual (10'000 Hours/Getty Images)
T
Thais CancianPublicado em 24/09/2022 às 08:19.

Há quem diga que assuntos relacionados a finanças pessoais e negócios podem abalar as amizades, e que por isso, é melhor deixá-los à parte da relação. O tema divide opiniões, porém, com a abordagem certa e em situações pertinentes, pode ser uma oportunidade para discutir educação financeira e compartilhar dicas e experiências entre amigos.

A Provu, fintech especializada em meios de pagamento e crédito pessoal, levantou cinco dicas  que podem ajudar a desenvolver o assunto e dividir experiências com os amigos quando o assunto é “dinheiro”. Confira a seguir:

1. Falem sobre dinheiro (sem medo e com sinceridade)

Conversar sobre dicas financeiras e estratégias para economizar, por exemplo, é um bom primeiro passo nos papos com os amigos. Dessa forma, a condição financeira de cada um fica um pouco mais clara, e também dá para ter uma ideia dos seus respectivos hábitos de consumo, lugares frequentados e da compatibilidade entre o poder de compra de cada um.

Se for o caso, tenha cuidado para não se deixar levar pelos colegas que incentivam a gastar um pouco mais, a visitar locais mais caros e a ostentar recursos.

2. Combinem encontros que cabem no orçamento de todos

Conhecendo a situação financeira de cada um, proponha encontros em lugares onde todos possam estar sem prejuízos. Ninguém quer ficar de fora de uma saída com as amizades por estar vivendo um período mais “apertado” no mês.

3. Usem comandas individuais

Ao frequentar bares e restaurantes com os amigos, é recomendado que cada um tenha a sua comanda individual. Assim, cada colega consome somente o que quiser e puder, sem correr o risco de sair prejudicado num pagamento conjunto.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

4. Não tenha vergonha de cobrar dinheiro emprestado

Caso tenha emprestado dinheiro para um amigo, não tenha vergonha de cobrar. Explique que está precisando do valor e dê um prazo para recebê-lo de volta. Se for o caso, você pode até propor um parcelamento desse empréstimo.

Caso seja você o amigo que pediu dinheiro emprestado, se planeje e informe ao colega quando poderá devolvê-lo.

5. Contratou o serviço de um amigo? Pague como faria com qualquer profissional

Valorize o trabalho do seu amigo: dê preferência a ele e indique-o a outras pessoas.

Se ele prestar algum serviço a você, pague-o pelo que foi realizado normalmente, como faria com qualquer outro profissional - sem “descontos de amigo”!

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME por menos de R$ 11/mês