Mercados

Vinci Partners vai lançar fundo imobiliário de R$ 1 bilhão

Entre as propriedades estão torres de escritórios em São Paulo, Maranhão e Rio de Janeiro, diz fonte


	Prédios comerciais em São Paulo: fundos imobiliários tiveram um retorno negativo de 9,1 por cento no ano, segundo o índice IFIX
 (Germano Lüders/EXAME.com)

Prédios comerciais em São Paulo: fundos imobiliários tiveram um retorno negativo de 9,1 por cento no ano, segundo o índice IFIX (Germano Lüders/EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 18 de fevereiro de 2014 às 16h48.

São Paulo - Vinci Partners Investimentos, a companhia brasileira fundada por Gilberto Sayao e outros ex-sócios do Banco BTG Pactual, vai investir em propriedades comerciais para obter receitas de aluguel, diz uma pessoa com conhecimento sobre o assunto.

Entre as propriedades estão torres de escritórios em São Paulo, Maranhão e Rio de Janeiro, diz a pessoa, que pediu anonimato porque a captação ainda não é pública. Vinci, com sede no Rio de Janeiro, tem cerca de R$ 16 bilhões em ativos sob gestão, diz a pessoa.

Vinci não quis comentar sobre o fundo imobiliário.

As companhias de investimento estão captando recursos para 10 fundos imobiliários totalizando R$ 1,6 bilhões, sem contar o fundo da Vinci, segundo a CVM.

Os fundos imobiliários tiveram um retorno negativo de 9,1 por cento no ano, segundo o índice IFIX, contra uma queda de 8 por cento do Ibovespa. 

Acompanhe tudo sobre:aplicacoes-financeirasFundos de investimentoFundos-imobiliariosImóveisMercado financeirovinci-partners

Mais de Mercados

Bancos abrem temporada de balanços em queda nos EUA; Wells Fargo despenca 7%

Ibovespa opera em ligeira alta de olho em novos dados da economia americana

Balanços de bancos americanos, PPI dos EUA e pesquisa de serviços do Brasil: o que move o mercado

"Corte de juros nos EUA é insuficiente para volta de estrangeiros", diz gestor da Kinea

Mais na Exame