Mercados

Sonae Sierra Brasil pode levantar mais de R$777 milhões em IPO

Operação pode ser acrescida ainda de lotes suplementar e adicional

IPO da Sonae Sierra Brasil pode levantar mais de R$ 700 milhões (EXAME)

IPO da Sonae Sierra Brasil pode levantar mais de R$ 700 milhões (EXAME)

DR

Da Redação

Publicado em 9 de fevereiro de 2011 às 12h16.

São Paulo - A empresa de shopping centers Sonae Sierra Brasil pode obter até 777,7 milhões de reais em uma oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês) na BM&FBovespa.

A companhia, que tem como principais sócios a norte-americana Developers Diversified Realty e a portuguesa Sonae Sierra, planeja emitir 21.739.130 ações ordinárias em distribuição primária, conforme prospecto divulgado nesta segunda-feira.

Se considerado o teto da faixa de preço por ação estimada pelos coordenadores da oferta, que é de entre 21,50 e 26,50 reais, a emissão pode resultar em cerca de 576,1 milhões de reais.

A operação pode ser acrescida ainda de lotes suplementar e adicional com, respectivamente, 3.260.869 e 4.347.826 ações. Com isso, a oferta pode somar um total de cerca de 777,7 milhões de reais.

Investidores de varejo podem participar da oferta com aporte de no mínimo 3 mil e no máximo 300 mil reais. Os investimentos que superarem este valor serão enquadrados na oferta institucional.

O período de reserva das ações vai de 24 a 31 de janeiro. A fixação do preço por ação ocorre em 1o de fevereiro e os papéis da Sonae Sierra começam a ser negociados na Bovespa dois dias depois.

A oferta é coordenada pelos bancos Credit Suisse (líder), JPMorgan e Itaú BBA e conta ainda com Espirito Santo Investment Bank e Banco Caixa Geral Brasil.

A empresa retomou o processo de IPO no início de dezembro, após ter o prazo de um pedido anterior expirado. Os recursos obtidos com a oferta serão destinados a reforçar o caixa da companhia.

A Sonae Sierra possui participação majoritária na maioria dos shopping centers de seu portfólio --Boavista, Campo Limpo, Franca, Metrópole, Parque D. Pedro, Penha, Plaza Sul e Tivoli, no Estado de São Paulo, e Manauara, em Manaus--, sendo responsável pela administração de todos eles.

Acompanhe tudo sobre:Açõesbolsas-de-valoresEmpresasEmpresas portuguesasIPOsMercado financeiroShopping centersSonae Sierra

Mais de Mercados

Cenário é potencialmente o mais perigoso desde a 2ª Guerra, diz Jamie Dimon, CEO do J.P. Morgan

Bancos abrem temporada de balanços em queda nos EUA; Wells Fargo despenca 7%

Ibovespa sobe pelo 10º pregão seguido e fecha próximo dos 129 mil pontos

Balanços de bancos americanos, PPI dos EUA e pesquisa de serviços do Brasil: o que move o mercado

Mais na Exame