Rali do varejo tech já começou na B3, com Locaweb, Magalu e Via

Empresas ganharam mais de R$ 6 bilhões em valor de mercado neste mês
Painel de cotações da B3: ações ligadas à economia doméstica voltam a despertar atenção (Germano Lüders/Exame)
Painel de cotações da B3: ações ligadas à economia doméstica voltam a despertar atenção (Germano Lüders/Exame)
Por Graziella ValentiBeatriz Quesada
Publicado em 21/07/2022 às 06:03.

O rali tech já começou no Brasil. As empresas brasileiras mais associadas à tecnologia e à atividade doméstica mostraram recuperação relevante nesses primeiros 20 dias de julho: Locaweb (LWSA3), Magazine Luiza (MGLU3) e Via (VIIA3). O valor de mercado somado do trio passou de R$ 22,2 bilhões, no fim de junho, para R$ 28,7 bilhões, considerando as cotações atuais. 

Só como referência, para entender a intensidade da desvalorização que essas empresas sofreram: considerando as máximas de cada uma, elas chegaram a valer juntas R$ 245 bilhões, entre 2020 e fevereiro de 2021. 

Agora os preços alcançaram um piso que tem se tornado quase irresistível para investidores domésticos de longo prazo. Nesta quarta, foi a vez do fundo Absoluto, da gestora de José Zitelmann e Gustavo Hungria, reabrir para captação. Mas antes deles, Dynamo e Atmos também captaram para aproveitar a queda do mercado.  

Especialmente nas duas últimas semanas, as empresas mais ligadas à economia doméstica começaram a despertar atenção. Os investidores estão aproveitando para, ao fazer essa escolha, associar uma pitada de tecnologia. Afinal, foi a combinação bombástica da correção dos preços exorbitantes de 2020. 

Vale lembrar ainda que os papéis de tecnologia e varejo estão entre os mais descontados no cenário de alta da inflação e dos juros que assolou o mercado global nos últimos meses. Para alguns investidores, os descontos já estão atrativos o suficiente para que as ações voltem para as carteiras com foco no longo prazo.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

O clima melhorou ainda mais para as ações de tecnologia após o balanço da Netflix, que registrou uma queda menor que a esperada no número de assinantes no período. Com o impulso da companhia de streaming, o índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,6% no último pregão, influenciando o clima positivo para o setor no Brasil.

A temporada de resultados, por sua vez, está fazendo preço também na bolsa local. Parte da disparada de 15% da Locaweb no último pregão se deve às perspectivas positivas para o balanço da companhia. Segundo relatório do BTG Pactual (do mesmo grupo controlador da EXAME), a empresa deve reportar crescimento de 52% na receita, impulsionada tanto por fusões e aquisições quanto pelo crescimento orgânico. 

A Locaweb, a propósito, atraiu recentemente a atenção da americana General Atlantic. Há dois meses, a gestora de private equity comprou quase 6% da Locaweb, aumentando sua participação na empresa para 11%.

Mesmo com os ganhos recentes e as perspectivas positivas, Locaweb ainda acumula baixa de 49% no ano. Magazine Luiza e Via, que vem subindo forte nas últimas semanas, ainda têm quedas respectivas de 57% e 50% em 2022. As três terminaram o último pregão entre as maiores altas do Índice Bovespa.