• BVSP 117.669,90 -0,5%
  • USD 5,6926 +0,0118
  • EUR 6,7616 +0,0000
  • ABEV3 15,43 -0,13%
  • BBAS3 29,27 +0,55%
  • BBDC4 25,25 +0,04%
  • BRFS3 23,91 -1,97%
  • BRKM3 43,57 -0,98%
  • BRML3 9,95 +1,95%
  • BTOW3 62,7 -0,85%
  • CSAN3 89,25 -0,45%
  • ELET3 35,45 -1,50%
  • EMBR3 16,02 -0,37%
  • Petróleo 59,31 +0,00%
  • Ouro 1.746,80 +0,00%
  • Prata 25,55 +0,00%
  • Platina 1.208,00 +0,00%

Petróleo fecha em forte queda, por incertezas sobre China

No final da sessão, o petróleo para outubro da New York Mercantile Exchange (Nymex) recuou US$ 0,87 (2,10%), para US$ 40,45 por barril

Nova York - Os contratos futuros de petróleo encerraram o pregão desta sexta-feira, 21, em forte baixa, pressionados por temores envolvendo o crescimento econômico da China e dados sobre a atividade dos poços nos Estados Unidos.

Na madrugada de sexta-feira, a Caixin Media e a Markit Economics informaram que o índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial da China caiu para 47,1 em agosto, o nível mais baixo em 77 meses. Leituras abaixo de 50 mostram queda da atividade em relação ao mês anterior.

O dado provocou mais uma onda de vendas de commodities, ao levantar dúvidas sobre o crescimento econômico da China, segunda maior economia do mundo e segunda maior consumidora de petróleo.

Outro fator que contribuiu para a forte queda dos preços foi a divulgação, pela Baker Hughes, de que o número de poços e plataformas de exploração de petróleo em atividade nos EUA subiu 2 na última semana, para 674, marcando a quinta semana seguida de aumento.

Os preços do petróleo acentuaram as baixas após o dado da Baker Hughes e chegaram a ser cotados em Nova York abaixo de US$ 40 por barril, o que ocorreu pela primeira vez em seis anos.

No final da sessão, o petróleo para outubro da New York Mercantile Exchange (Nymex) recuou US$ 0,87 (2,10%), para US$ 40,45 por barril, o menor valor de fechamento desde fevereiro de 2009. Na semana, a baixa dos contratos mais líquidos foi de 4,82%.

Na IntercontinentalExchange (ICE), em Londres, o Brent para outubro perdeu de US$ 1,16 (2,49%), encerrando em US$ 45,46 por barril. Na semana, os contratos cederam 7,58%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.