Mercados

Petrobras planeja nova emissão de títulos

Os títulos adicionais de 2021 serão consolidados com os 5 bilhões de dólares emitidos em 23 de maio, formando uma série única


	Petrobras: os títulos adicionais de 2021 serão consolidados com os 5 bilhões de dólares emitidos em 23 de maio
 (Paulo Whitaker/Reuters)

Petrobras: os títulos adicionais de 2021 serão consolidados com os 5 bilhões de dólares emitidos em 23 de maio (Paulo Whitaker/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 7 de julho de 2016 às 10h12.

Rio de Janeiro - A Petrobras informou nesta quinta-feira que planeja reabrir os títulos 8,375 por cento Global Notes 2021 e 8,750 por cento Global Notes 2026 para uma nova emissão, cujos recursos líquidos obtidos com a venda serão usados para recomprar títulos antigos.

Os títulos adicionais de 2021 serão consolidados com os 5 bilhões de dólares emitidos em 23 de maio, formando uma série única, assim como os títulos adicionais de 2026 serão consolidados com os 1,75 bilhão de dólares emitidos em 23 de maio, também formando uma série única.

Acompanhe tudo sobre:aplicacoes-financeirasCapitalização da PetrobrasCombustíveisEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasEmpresas estataisEstatais brasileirasIndústria do petróleoPetrobrasPetróleoTítulos de capitalização

Mais de Mercados

Reunião de Lula sobre corte de gastos e decisão de juros na Europa: o que move o mercado

BC eleva o limite de operações de câmbio feitas em instituições não bancárias para US$ 500 mil

Pragmatismo é maior que do último governo do PT e temor deve arrefecer, diz gestor da Mantaro

Vitória de Trump pode aumentar o preço do dólar, avalia Gavekal Research

Mais na Exame