Invest

Petrobras (PETR4) avalia novo CEO, IPCA-15 e o que mais move os mercados

Semana deve encerrar no positivo para bolsas internacionais ainda que cenário de recessão esteja batendo à porta

Sede da Petrobras: estatal pode escolher hoje 5º presidente sob a gestão Bolsonaro (Luiz Souza/NurPhoto/Getty Images)

Sede da Petrobras: estatal pode escolher hoje 5º presidente sob a gestão Bolsonaro (Luiz Souza/NurPhoto/Getty Images)

BQ

Beatriz Quesada

Publicado em 24 de junho de 2022 às 07h06.

Última atualização em 24 de junho de 2022 às 09h10.

As principais bolsas globais caminham para encerrar a semana com ganhos e sobem nesta sexta-feira, 24, com investidores avaliando a possibilidade de recessão nos Estados Unidos e no mundo. A alta é uma correção depois que as bolsas desabaram nos pregões anteriores. Nos Estados Unidos, os principais índices caminham para avançar mais de 3% esta semana, após acumularem três sequências semanais negativas.

Desempenho dos indicadores às 7h (de Brasília):

  • Dow Jones futuro (Nova York): + 0,57%
  • S&P 500 futuro (Nova York): + 0,66%
  • Nasdaq futuro (Nova York): + 0,88%
  • FTSE 100 (Londres):+ 0,63%
  • DAX (Frankfurt):+ 0,59%
  • CAC 40 (Paris): + 1,88%
  • Hang Seng (Hong Kong): + 2,09%
  • Shangai Composite (Xangai): + 0,89%

Na semana passada, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano), fez um movimento mais duro para conter a inflação e elevou os juros em 0,75 ponto percentual (p.p.). Desde então aumentaram as preocupações de que a atuação do Fed contra o aumento de preços prejudique os EUA e arraste o mundo para uma recessão global.

Por isso, nesta sexta, o foco fica com a divulgação de dados econômicos nos EUA, que podem indicar se a principal economia do mundo está entrando ou não em recessão. Às 11h, serão divulgados os dados de vendas de novas casas e o relatório final de opinião do consumidor da Universidade de Michigan para junho.

Divulgação do IPCA-15 

Por aqui, o investidor também fica atento à divulgação de dados econômicos. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga às 9h a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15). O indicador deve apontar uma alta de 0,68% em junho na comparação mensal, segundo mediana levantada pela Bloomberg. O valor representa um avanço de 0,59% frente ao dado anterior. Na comparação anual, a expectativa é que a inflação tenha avançado 12,02%.

Será a primeira divulgação de um dado inflacionário após a última alta de juros no Brasil. Na semana anterior, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a Selic em 0,5 p.p., para 13,25% ao ano – a maior taxa desde 2016.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

Petrobras avalia novo CEO

O comitê de elegibilidade (Celeg) da Petrobras (PETR3/PETR4), responsável por analisar os indicados para exercer cargos na estatal, se reúne nesta tarde para avaliar o nome de Caio Mário Paes de Andrade à presidência.

Indicado do governo para o posto, Paes de Andrade é secretário de desburocratização do Ministério da Economia e nome de confiança do ministro Paulo Guedes. Após passar pela Celeg, a indicação segue para avaliação do Conselho da estatal, que pode votar pela aprovação do secretário como membro do colegiado e presidente da empresa. Se Paes de Andrade for aprovado nos ritos, será o quinto CEO da Petrobras a assumir o cargo na gestão Bolsonaro.

A escolha do novo presidente ocorre após a renúncia de José Mauro Coelho. O executivo foi pressionado a deixar o cargo após nova alta no preço dos combustíveis.

Espaçolaser troca CEO

A Espaçolaser (ESPA3) anunciou na noite de ontem a troca no comando da empresa, com Paulo Camargo, ex-chefe do McDonald's no Brasil, assumindo como novo presidente-executivo. Paulo Morais, um dos fundadores da companhia e atual CEO, renunciou ao cargo mas deve seguir no Conselho de Administração. Camargo deve assumir o comando da Espaçolaser em até 45 dias.

Acompanhe tudo sobre:bolsas-de-valoresEspaçolaserFed – Federal Reserve SystemIPCAPetrobras

Mais de Invest

O que é private equity e como funciona?

Quanto rendem R$ 20 mil por mês na poupança?

CD americano x CDB brasileiro: quais as diferenças e qual vale mais a pena investir

Goldman Sachs vê cenário favorável para emergentes, mas deixa Brasil de fora de recomendações

Mais na Exame