Petro, Braskem e Netflix: o que esperar das ações segundo análise técnica

Otto Sparenberg, do BTG, comenta projeções para os papéis de acordo com análise gráfica
Netflix registra quinta semana consecutiva de queda do BDR (Jakub Porzycki/NurPhoto/Getty Images)
Netflix registra quinta semana consecutiva de queda do BDR (Jakub Porzycki/NurPhoto/Getty Images)
Por Fernanda BastosPublicado em 20/04/2022 10:15 | Última atualização em 26/05/2022 10:40Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O mercado aguarda a partilha de dividendos da Braskem (BRKM5) com expectativa. Já a Petrobras (PETR4), negociada próxima a 36 reais, está em um momento de cautela. Enquanto isso, os BDRs da Netflix (NFLX34) encaram um período de queda depois da gigante do streaming não ter alcançado as projeções. A análise é de Otto Sparenberg, analista gráfico do BTG Pactual no programa Abertura de Mercado desta quarta-feira, 20 de abril.

"A Braskem chegou a ter um movimento de alta, veio fechar uma lacuna, mas desde então não teve uma continuidade do fôlego comprador”, comenta Otto. Segundo a análise técnica, as ações da petroquímica vem na mesma faixa de preço em busca dos R$ 40,58 há mais ou menos dois meses. O analista descreve o momento das ações da empresa como “mais baixista”. 

As ações da Petrobras (PETR4), por outro lado, movimentam muito o mercado pelo percentual que a empresa tem no Ibovespa, de quase 7%. Otto comenta que o próximo passo das ações da petrolífera “seria o rompimento da região do topo anterior, em busca do patamar dos R$ 36. As ações estão bem próximas de testar topos anteriores de R$32,28”, ressalta.

Passando para o mercado internacional, os BDRs da Netflix (NFLX34) recuam mais de 20% depois da divulgação do balanço da empresa -- o primeiro em que foi registrada perda de assinantes. “O papel já não vem bem desde o último resultado, tentou algum respiro mas não conseguiu, é um momento complicado para a companhia. Em um cenário  maior de prazo, o ativo está voltando para preços de 2019 e o dólar intensifica essa queda”, analisa Otto.

Essa já é a quinta semana de queda do BDR da empresa de streaming, que foi duramente pressionada pelos cancelamentos de contas na região europeia em resposta à guerra e também pela ascensão das suas concorrentes. 

Para saber mais notícias sobre o mercado, assista ao programa, que é transmitido ao vivo de segunda a sexta, às 8h, no perfil da EXAME Invest no YouTube e no Instagram.

Se você ainda não conhece o programa, inscreva-se no canal da EXAME Invest para ficar sabendo da visão dos analistas de mercado e dos economistas.