Oferta de capitalização da Eletrobras pode sair após 25 de abril, diz CEO

Executivo afirmou não ter informações sobre quando o TCU deliberará sobre o segundo e último aval ao processo de privatização da estatal
Eletrobras: Limp afirmou que esse tema é de conhecimento apenas do BNDES e do TCU (Pilar Olivares/Reuters)
Eletrobras: Limp afirmou que esse tema é de conhecimento apenas do BNDES e do TCU (Pilar Olivares/Reuters)
Por ReutersPublicado em 22/03/2022 17:27 | Última atualização em 25/03/2022 11:37Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A oferta de capitalização da Eletrobras (ELET3, ELET6) só poderá ser lançada após a publicação do documento 20-F no mercado de capitais dos Estados Unidos, marcada para 25 de abril, disse nesta terça-feira, dia 22, o CEO da companhia, Rodrigo Limp.

Ele acrescentou que o prazo também depende das aprovações necessárias do Tribunal de Contas da União (TCU).

Em teleconferência de resultados, o executivo afirmou ainda não ter informações sobre quando o TCU deliberará sobre o segundo e último aval ao processo de privatização da estatal, por meio da diluição da fatia da União.

Segundo ele, a companhia tem se prontificado a esclarecer eventuais dúvidas dos ministros do TCU sobre o processo.

Questionado sobre as discussões relacionadas ao preço mínimo da oferta de capitalização, Limp afirmou que esse tema é de conhecimento apenas do BNDES e do TCU.