No radar: varejo e indústria dos EUA, BK e o que mais move o mercado

Mercado adota cautela após rali em cima de notícias sobre eficácia de vacina contra o coronavírus

As principais bolsas internacionais registram leves perdas nesta terça-feira, 17, com parte dos investidores realizando lucros, após a divulgação da eficácia da vacina da Moderna ter elevado os índices americanos a níveis recordes, estendendo o rali iniciado há duas semanas.

O Ibovespa voltou a bater mais de 106 mil pontos. Saiba como aproveitar o vaivém da bolsa com o BTG Pactual Digital.

Depois de mais uma sessão de fortes ganhos na Europa, o índice pan-europeu Stoxx 600 recua cerca de 0,2% nesta manhã. Já nos Estados Unidos, os índices futuros oscilam de forma mista, com S&P 500 e Dow Jones em leve queda e o Nasdaq em alta de 0,3%, indicando alguma reação das ações de tecnologia, depois de o índice ter tido o pior desempenho entre os três no pregão anterior.

Ainda nesta manhã, dados da economia americana podem contribuir para o direcionamento dos mercados. Com divulgação prevista para às 10h30, as vendas do varejo americano referentes ao mês de outubro podem chegar ao sexto mês consecutivo de recuperação.

Conheça a EXAME Invest, o novo canal de investimentos da EXAME

Embora, assim como no Brasil, medidas de estímulos tenham contribuído para as vendas do setor nos Estados Unidos, o mercado espera que dessa vez a alta mensal seja a menor desde maio. A expectativa é de crescimento de 0,5%. Em setembro, a alta foi de quase 2%.

Também será revelado nos Estados Unidos os dados de produção industrial, que ainda segue em ritmo muito abaixo aos patamares pré-pandemia. Com dificuldade para se recuperar, a produção industrial chegou a apresentar queda mensal em setembro. Para outubro, a expectativa é de os números de outubro apontem para um aumento de 1% em relação ao mês anterior.

Tesla

Ainda no mercado americano, a confirmação de que as ações da Tesla irão entrar no S&P 500 em dezembro deve aumentar a demanda pelo ativo logo na abertura. No pré-mercado da Nasdaq, os papéis já avançam 11,6%. A empresa será a maior em termos de valor de mercado a ingressar no principal índice americano.

BK

Está prevista para esta terça a precificação da oferta subsequente de ações (follow-on, em inglês) do Burger King Brasil. A oferta será feita por meio de distribuição primária, de, inicialmente, 35 milhões de ações, que pode ser acrescida de mais 12,5 milhões de ações. Considerando o valor de fechamento do último pregão, de 11,4 reais, a operação teria potencial de levantar até 541 milhões de reais, mas é esperado algum desconto em relação ao preço de mercado.

Reformas

Com as eleições municipais dando o tom na política nacional, as discussões sobre as reformas administrativa e tributárias não devem esquentar antes de fevereiro, segundo o vice-presidente Hamilton Mourão. Não tão otimista sobre o andamento das pautas no Congresso, Mourão já havia dito que a votação do Orçamento de 2021 deve ficar somente para abril do ano que vem. Enquanto isso, no mercado, o temor sobre a situação fiscal do país só aumenta.

Banner do BTG Pactual de fundo azul com letras brancas sobre investir melhor

 (BTG Pactual Digital/Divulgação)

Retrospectiva

No último pregão, o Ibovespa subiu 1,63% e encerrou em 106.429, 92 pontos – o maior patamar desde o início de março. O dólar se desvalorizou 0,7% e fechou cotado a 5,437 reais.

EXAME Flash

Ouça um rápido resumo das principais notícias e destaques do Brasil e do mundo em uma curadoria especial do time da Exame.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.