Invest

Musk recebe sinal verde de acionistas da Tesla para remuneração bilionária

Votação da base acionária aconteceu no evento anual da empresa no Texas

Elon Musk: acionistas aprovam pagamento de remuneração bilionária  (Michael M. Santiago/Getty Images)

Elon Musk: acionistas aprovam pagamento de remuneração bilionária (Michael M. Santiago/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 13 de junho de 2024 às 19h01.

Última atualização em 14 de junho de 2024 às 08h13.

Os acionistas da Tesla aprovaram nesta quinta-feira, 13, um pacote de remuneração bilionário para o CEO e fundador Elon Musk – cinco meses após a Justiça de Delaware ordenar a rescisão do pagamento por considerar que havia sido concedido indevidamente pelo conselho de administração. 

Em evento anual da Tesla, os acionistas votaram a favor do pacote de pagamento a Musk que havia sido rejeitado pela Justiça. A votação, no entanto, não anula a decisão do tribunal, e funciona mais como uma vitória de imagem.

O pacote incluía o pagamento de 303 milhões de opções para comprar ações da Tesla a um preço reduzido, e foi avaliado em US$ 56 bilhões na época da anulação por parte da Justiça.

As ações da Tesla fecharam em alta de 2,9%, aos US$ 182,47, antes mesmo da decisão. Os papéis reagiram a uma postagem de Musk no X, onde adiantava que a proposta do pagamento estava para ser aprovada pelos acionistas.

As ações ainda recuam 27% no ano após a Tesla reconhecer um declínio nas vendas por conta do aumento da concorrência na China e do envelhecimento da linha de veículos elétricos.

Entenda o caso da remuneração de Musk na Tesla

O pacote salarial é discutido há anos pelos acionistas e seria uma forma de manter a atenção de Musk na empresa. O executivo também é CEO da SpaceX e da Neuralink.

A primeira aprovação do pacote aconteceu em 2018, mas a juíza de Delaware responsável pelo caso anulou a sentença em janeiro deste ano, citando falhas de divulgação que induziram à aprovação do pagamento, além de conflitos de interesse entre os diretores da Tesla, que seriam muito próximos de Musk.

Desde então, Musk e o conselho de administração da Tesla vem buscando apoio para a medida que torna Musk elegível para receber o montante em opções de ações, desde que atingisse determinadas metas na empresa. Tais metas foram consideradas agressivas para o desempenho financeiro e para o valor de mercado da empresa.

Acompanhe tudo sobre:Teslaelon-musk

Mais de Invest

Hapvida (HAPV3) vai investir até R$ 600 milhões em novos hospitais em SP e RJ

Ministério da Justiça realiza leilão de 54 quilos de ouro; veja como participar

5 frases que todo investidor precisa saber

"O mundo está passando por um processo grande de transformação", diz André Leite, CIO da TAG

Mais na Exame