Mercados

Multa de US$ 612 milhões ao RBS por escândalo da taxa Libor

O banco é acusado de manipular a taxa interbancária Libor, de primordial importância no mundo das finanças


	O RBS: o banco foi resgatado pelo Estado britânico
 (Justin Tallis/AFP)

O RBS: o banco foi resgatado pelo Estado britânico (Justin Tallis/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 17 de outubro de 2013 às 14h04.

Londres - O Royal Bank of Scotland (RBS), controlado pelo Estado britânico, deverá pagar 612 milhões de dólares (453 milhões de euros) de multas às autoridades americanas e britânicas por manipulações da taxa interbancária Libor, de primordial importância no mundo das finanças, anunciou nesta quarta-feira a instituição.

O RBS deverá entregar 325 milhões de dólares à comissão americana de Comércio e Mercado Futuro (CFTC), 150 milhões de dólares ao Departamento americano de Justiça e 87,5 milhões de libras (137 milhões de dólares, 101 milhões de euros) à Autoridade de Serviços Financeiros britânica (FSA).

Acompanhe tudo sobre:Banco RBSBancosEmpresasEscândalosEuropaFraudesPaíses ricosReino Unido

Mais de Mercados

Empresa responsável por pane global de tecnologia perde R$ 65 bi e CEO pede "profundas desculpas"

Bolsa brasileira comunica que não foi afetada por apagão global de tecnologia

Ibovespa tem leve alta após governo anunciar R$ 15 bi de corte de gastos; dólar cai

Netflix supera expectativa e registra 277 milhões de assinaturas pelo mundo

Mais na Exame