Mercados

Mercado troca de candidato e acredita que Bolsonaro ganhará eleições

A percepção que Bolsonaro deve ganhar as eleições aumentou de abril para junho. Anteriormente, a aposta era em Geraldo Alckmin

Bolsonaro: 48% dos respondentes acreditam que Bolsonaro deve ganhar as eleições (Facebook/Jair Bolsonaro/Reprodução)

Bolsonaro: 48% dos respondentes acreditam que Bolsonaro deve ganhar as eleições (Facebook/Jair Bolsonaro/Reprodução)

Karla Mamona

Karla Mamona

Publicado em 7 de junho de 2018 às 12h48.

Última atualização em 7 de junho de 2018 às 15h55.

São Paulo - O pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, foi apontado como vencedor das eleições presidenciais em 2018.

A resposta foi apontada por 48% dos respondentes de um levantamento realizado pela XP Investimentos nos dias 4 e 5 de junho.

A pergunta feita para 204 investidores institucionais foi a seguinte: “quem será o vencedor das eleições em 2018?”.

Na comparação com a pesquisa anterior, houve um aumento na percepção que Bolsonaro ganharia as eleições. No levantamento realizado em abril, o deputado era indicado por apenas 29% dos respondentes.

Geraldo Alckmin, do PSDB, apresentou o caminho inverso. Em abril, 48% acreditavam que ele seria eleito presidente. Em junho, o percentual caiu para 31%.

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT) subiu de 1% em abril para 13% em junho, enquanto a ex-senadora Marina Silva (Rede) passou de 3% para 5% das menções.

Segundo turno

Em relação aos candidatos que estarão no segundo turno das eleições, 85% disseram que Jair Bolsonaro estará presente na disputa.

Outros 55% dos respondentes apontaram Ciro Gomes, 60% disseram Geraldo Alckmin e 11% indicaram Marina Silva.

Sobre os cenários para segundo turno, 44% apostam que haverá uma disputa entre Bolsonaro e Ciro Gomes.

Outros 25% acreditam que Bolsonaro e Alckmin devem disputar o segundo turno e 10% apontaram Bolsonaro e Marina Silva. Já a disputa entre Alckmin e Ciro teve 9% das respostas.

Acompanhe tudo sobre:bolsas-de-valoresCiro GomesEleições 2018Geraldo AlckminJair BolsonaroMarina SilvaMercado financeiroxp-investimentos

Mais de Mercados

"O mundo está passando por um processo grande de transformação", diz André Leite, CIO da TAG

Ibovespa fecha em leve alta de olho em relatório bimestral de despesas; dólar cai a R$ 5,57

Ações da Ryanair caem quase 15% após lucro da empresa desabar

Desistência de Biden, relatório de despesas, balanços e juros na China: o que move o mercado

Mais na Exame