Mercado em movimento: o que os analistas comentam nesta terça-feira

Credit Suisse rebaixa recomendação para ações da Cesp; Link vê potencial de ganho para papéis do Panamericano
Apesar de forte queda no lucro, analistas mantêm perspectiva positiva para a Embraer (Germano Lüders/Exame)
Apesar de forte queda no lucro, analistas mantêm perspectiva positiva para a Embraer (Germano Lüders/Exame)
G
Gustavo KahilPublicado em 03/08/2010 às 15:25.

São Paulo - Saiba o que os analistas comentam hoje:

- Cesp (CESP6)

A recente forte alta das ações da Cesp levou a equipe do Credit Suisse a revisar a recomendação para os papéis da empresa. A indicação passou de outperform (acima da média do mercado) para neutra, mostra relatório assinado pelo analista V.Canheu. "Em nossa visão, os níveis atuais de valuation são apropriados para uma redução tática das ações da Cesp", diz Canheu. O preço-alvo para os papéis é  de 18,5 dólares.

- Banco Panamericano (BPNM4)

A Link Investimentos iniciou hoje a cobertura dos papéis do Banco Panamericano. A analista Mariana Taddeo indica a recomendação outperform, com preço-alvo de 11,50 reais. "Um dos principais pontos positivos do banco é a sua forte capacidade de originação de ativos, alavancada pelo seu extenso portfólio de produtos e pela presença nacional ", explica a analista em relatório.

- Banco Daycoval (DAYC4)

O banco Daycoval anunciou ontem ter lucrado 64,2 milhões de reais no segundo trimestre deste ano, um crescimento de 17,4% em relação ao trimestre anterior e de 66,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. O saldo da carteira de crédito avançou 11,8%, alcançando 4,786 bilhões de reais no trimestre.

Para o analista da Spinelli, Daniel Malheiros, os resultados vieram levemente acima das expectativas, com destaque para a redução da provisão para devedores duvidosos (PDD) e o avanço na carteira de crédito. "Esperamos impacto positivo nos papéis do Daycoval tanto por conta do resultado quanto pelo atraso em relação aos seus pares (ABC Brasil e Bic) no ano", explica. A recomendação para as ações é manter, com preço-alvo de 10,76.

- Redecard (RDCD3)

A Redecard anunciou na semana passada ter atingido um lucro líquido 9,1% maior no segundo trimestre, a 374,6 milhões de reais, praticamente em linha com o esperado pelo mercado, com aumento na captura de transações com cartões de crédito e débito.

"Nos sentimos marginalmente preocupados agora com os riscos de competição, mas teremos que esperar até o próximo trimestre para ver os efeitos reais do novo esquema de competição", dizem os analistas da Raymond James, Federico Rey-Marino e Francisco Pereyra. A recomendação de market perform foi mantida.

- TIM (TCSL4); (TCSL3)

A empresa de telefonia móvel divulgou hoje um lucro líquido de 101,394 milhões de reais, resultado 67,6% menor em relação ao mesmo período do ano passado. No período, a receita líquida consolidada total foi de 3,530 bilhões de reais, resultado 1,3% maior que o do segundo trimestre de 2009.

"Acreditamos que a TIM deverá seguir com sua trajetória gradual de aceleração de receitas, pautada em suas ofertas comerciais competitivas, bem como de elevação da margem EBITDA (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), através do enxugamento de sua estrutura, a partir de obtenção de ganhos de sinergia com a Intelig", analisa Luciana Leocadio, da Ativa Corretora. A recomendação é de compra, com preço-alvo de 9,60 para as ações TCSL3 e de 7,4 para os papéis TCSL4.

- Embraer (EMBR3)

A Embraer obteve um lucro líquido consolidado de 109 milhões de reais no segundo trimestre. No mesmo trimestre de 2009, o ganho líquido foi de 480,5 milhões de reais. Foi uma baixa de 77,31%. A empresa explicou a queda com base no efeito da variação cambial sobre o cálculo do imposto de renda.

"Os resultados ficaram acima das nossas expectativas e também do consenso de mercado. A empresa mostrou recuperação nas margens operacionais,  o que fez com que a mesma revisasse para cima o guidance para o ano de 2010", destaca a analista Juliana Vasconcellos, da Ágora Corretora. A recomendação está em revisão.

Veja Também

Glaucia Guarcello: A ambidestria será a nova gestão
Um conteúdo Bússola
Há 15 horas • 3 min de leitura

Glaucia Guarcello: A ambidestria será a nova gestão

Márcio de Freitas: Centrão S.A.
Um conteúdo Bússola
Há 16 horas • 4 min de leitura

Márcio de Freitas: Centrão S.A.