Mercado em movimento: o que os analistas comentam nesta quarta-feira

Confira as alterações nas recomendações dos analistas; destaques para Brasil Foods, Usiminas, Itaú, Bradesco, Santander e Embraer
Galpão de montagem final de aviões na fábrica da Embraer; Santander elevou preço-alvo e recomendação para ações da empresa (.)
Galpão de montagem final de aviões na fábrica da Embraer; Santander elevou preço-alvo e recomendação para ações da empresa (.)
G
Gustavo KahilPublicado em 30/06/2010 às 15:05.

São Paulo - Saiba o que os analistas de mercado comentam na sessão de hoje:

- Brasil Foods (BRFS3) - Negativo

As ações da Brasil Foods (BRFS3) têm forte queda nesta quarta-feira (30). O desempenho reflete a decisão da Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda de aprovar, com restrições, a fusão entre a Sadia e a Perdigão. A notícia também desagradou os analistas.

"Ainda é difícil quantificar, mas a opinião da Seae parece mais restritiva do que o esperado originalmente", explica o analista Javier Martinez de Olcoz Cerdan, do Morgan Stanley. Apesar disso, Cerdan escreveu, em relatório, que continua confiante com a empresa no longo prazo. O preço-alvo para o papel é de 22 reais, com indicação overweight.

"Acreditamos que os benefícios dos ganhos de sinergia com a integração poderão ser parcialmente anulados por desinvestimentos maiores do que os esperados", afirma o analista Tim Tiberio, da Chardan Capital Markets. A palavra da Seae não é mandatória, mas é uma recomendação para o CADE, órgão que decidirá o caso. Tiberio estima um preço-alvo de 12 dólares para as ADRs, com recomendação de venda.

- Usiminas (USIM3); (USIM5) - Positivo

Apesar de as ações da siderúrgica terem reagido negativamente na sessão de hoje, os analistas do Deutsche Bank avaliam que a decisão de vender 30% do ativo de mineração à japonesa Sumitomo é positiva. O negócio foi fechado por 1,929 bilhão de dólares, valor que estima a nova empresa em 6,4 bilhões de dólares.

"Em nossa opinião, as expectativas do mercado em relação ao valor dos ativos de minério de ferro da Usiminas estavam entre 3 e 4 bilhões de dólares, desta forma acreditamos em uma reação positiva ao acordo", aponta o analista Rodrigo Barros. O banco tem um preço-alvo de 81 reais e a recomendação de compra.

- Bradesco (BBDC4), Itaú (ITUB4) e Santander (SANB11) - Positivo

A equipe de análise do Citigroup revisou as projeções para as ações dos grandes bancos listados na bolsa brasileira e elevou a recomendação para o Bradesco e o Itaú. De acordo com os analistas Daniel A. Abut e Ricky Sperber, em média, os lucros anuais dos bancos devem avançar mais de 20% puxados por um alto crescimento no volume de empréstimos, queda nas provisões de perdas e por melhorias de eficiência.

A recomendação para o Bradesco saltou de manutenção para compra, com um preço-alvo de 40,00 reais. As ações do Itaú continuaram como a Top Pick do setor, com preço-alvo de 55,50 reais. Para o Santander, as units tiveram o seu preço-alvo reduzido de 29,50 reais para 26,50 reais. A recomendação é de compra. As projeções de preço tem o horizonte de 12 meses.

- Embraer (EMBR3) - Positivo

O Santander elevou a recomendação para as ações da Embraer de manutenção para compra. O preço-alvo, para 2011, foi revisado de 10,5 reais para 13,50 reais. "Esperamos que o fluxo de pedidos de E-Jets da Embraer acelere em 2011, seguindo a melhora na liquidez no mercado de financiamento de aeronaves combinada com a tendência continuada de recuperação na demanda de viagens aéreas", afirma o analista Caio Dias.
 

Veja Também

Glaucia Guarcello: A ambidestria será a nova gestão
Um conteúdo Bússola
Há 14 horas • 3 min de leitura

Glaucia Guarcello: A ambidestria será a nova gestão

Márcio de Freitas: Centrão S.A.
Um conteúdo Bússola
Há 16 horas • 4 min de leitura

Márcio de Freitas: Centrão S.A.