Acompanhe:

Latam tem prejuízo de US$ 523,2 milhões no 2º trimestre

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado alcançou US$ 97,4 milhões de abril a junho

De abril a junho, a aérea recuperou 72,6% dos níveis de capacidade (ASK) de 2019, pré-pandemia (John Milner/SOPA Images/LightRocket/Getty Images)

De abril a junho, a aérea recuperou 72,6% dos níveis de capacidade (ASK) de 2019, pré-pandemia (John Milner/SOPA Images/LightRocket/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 10 de agosto de 2022, 13h47.

O grupo Latam registrou prejuízo de US$ 523,2 milhões no segundo trimestre, ante perda de US$ 769,6 milhões um ano antes. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado alcançou US$ 97,4 milhões de abril a junho, ante resultado negativo de US$ 88,9 milhões no segundo trimestre de 2021.

Com isso, a margem Ebitda ajustada foi de 4,4% no segundo trimestre deste ano, ante margem negativa de 10% um ano antes.

De abril a junho, a receita operacional total do grupo atingiu US$ 2,22 bilhões, um avanço de 150,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já a demanda (RPK) da companhia no trimestre aumentou 174% na comparação anual, mas ainda ficou 30,1% inferior a 2019, nível pré-covid.

De abril a junho, a aérea recuperou 72,6% dos níveis de capacidade (ASK) de 2019, pré-pandemia. Em relação a 2021, houve um crescimento de 135,2%.

"Essa recuperação da capacidade é explicada principalmente pela solidez dos mercados domésticos no Brasil, Colômbia e Equador, além da recuperação das operações internacionais, e ocorre em um contexto marcado por forte aumento do preço dos combustíveis", disse a empresa em balanço.

O CEO do grupo, Roberto Alvo, observa que no segundo trimestre houve um "progresso significativo" no processo de reorganização do Chapter 11. "Esperamos sair (do processo) durante o último trimestre deste ano", destacou em nota. "Apesar de termos avançado na recuperação operacional, continuamos cautelosamente otimistas em relação aos próximos meses, monitorando de perto os preços dos combustíveis e as variáveis ??macroeconômicas, pois o setor ainda se encontra em um ambiente muito dinâmico."

Veja também: 

Ibovespa hoje: índice vai a 110 mil pontos e dólar cai após inflação sair abaixo do esperado nos EUA

Fed: Inflação abaixo do esperado nos EUA alimenta aposta de menor ritmo de alta de juros