Klabin (KLBN11) pagará R$ 390 milhões em dividendos

O pagamento dos dividendos será realizado em 11 de agosto de 2022; e as ações passarão a ser negociadas “ex-dividendos”
Klabin:  companhia teve lucro líquido de 972 milhões de reais no segundo trimestre deste ano (Germano Lüders/Exame)
Klabin:  companhia teve lucro líquido de 972 milhões de reais no segundo trimestre deste ano (Germano Lüders/Exame)
Karla Mamona
Karla Mamona

Publicado em 27/07/2022 às 11:04.

Última atualização em 27/07/2022 às 16:29.

A Klabin (KLBN11) informou nesta quarta-feira, 27, que o Conselho de Administração da Companhia aprovou o pagamento de dividendos no valor de 390 milhões de reais aos acionistas.

O valor corresponde às ações ordinárias e preferenciais, na razão de R$ 0,07251721508/ação e às Units, à razão de R$ 0,36258607540/Unit. O pagamento dos dividendos será realizado em 11 de agosto de 2022; e as ações passarão a ser negociadas “ex-dividendos” a partir de 2 de agosto de 2022. Como regra geral, sobre dividendos não há incidência de Imposto de Renda.

Em relação às instruções quanto ao crédito, a companhia informou que aos acionistas cujas ações estão depositadas em instituições prestadoras dos serviços de custódia de valores mobiliários terão seus dividendos creditados conforme procedimentos adotados pelas instituições depositárias. Já os demais acionistas terão seus créditos disponíveis de acordo com o domicílio bancário fornecido ao Itaú, instituição responsável pela escrituração das ações da companhia.

Os acionistas cujo cadastro não contenha a inscrição do número do CPF/CNPJ ou indicação do Banco/Agência e Conta Corrente, os dividendos serão creditados a partir do 3º dia útil contado da data da atualização, desde que os interessados providenciem a regularização de seu cadastro, pessoalmente, em uma das agências do banco Itaú O pagamento somente será liberado após efetivação dos devidos registros nos arquivos eletrônicos do referido banco.

Resultado trimestre

Klabin (KLBN11) divulgou nesta quarta-feira, 27, que teve lucro líquido de 972 milhões de reais no segundo trimestre deste ano, um crescimento de 35% na comparação com o segundo trimestre do ano passado. Na comparação com o primeiro trimestre de 2022, a alta foi de 11%.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado cresceu 11% na comparação com o segundo trimestre do ano passado, ficando em R$ 1.990 bilhão. Frente ao trimestre anterior, a alta foi de 15%.

A receita líquida da companhia foi de 5.039 bilhões de reais, um aumento de 24% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já frente ao último trimestre, a receita cresceu 14%.

De acordo com a Klabin, os reajustes de preços realizados em todos os negócios ao longo dos últimos trimestres, associado ao maior volume de vendas, permitiram compensar o impacto negativo da valorização do real em relação ao dólar nas exportações, levando ao crescimento da receita líquida.