Justiça francesa reduz multa recorde contra Apple em 728 milhões de euros

A Apple foi multada em março de 2020 por três acusações relacionadas com monopólio
A Apple informou à AFP que recorrerá novamente (AFP/AFP Photo)
A Apple informou à AFP que recorrerá novamente (AFP/AFP Photo)
A
AFPPublicado em 06/10/2022 às 16:31.

Um tribunal de apelações francês reduziu nesta quinta-feira (6) uma multa de 1,1 bilhão de euros contra a gigante americana Apple para 371,6 milhões de euros, o que significa uma redução de 728 milhões de euros, segundo uma fonte próxima ao caso.

A Apple foi multada em março de 2020 por três acusações relacionadas com monopólio e o Tribunal de Apelações de Paris anulou uma delas e reduziu a multa em dois terços, segundo essa fonte.

A Apple informou à AFP que recorrerá novamente.

"Essa anulação deveria ter sido total", então a empresa "apresentará um recurso de anulação", explicou seu comunicado.

"A decisão diz respeito a práticas que datam de mais de 10 anos e a própria Autoridade da Concorrência reconheceu que já não estão em vigor", acrescentou.

Essa Autoridade, consultada pela AFP, declarou que “está estudando a sentença e a possibilidade” de também apresentar recurso.

Além disso, a gigante do iPhone dividiu clientes e produtos com dois vendedores atacadistas (que também foram sancionados).

O tribunal de Paris considera, em vez disso, que a Apple não impôs "preços de venda" a esses revendedores independentes, por isso anula essa última acusação.

Leia também: