JSL desiste de fazer IPO da locadora Vamos

Não houve demanda para a faixa de preço pretendida pela companhia, de acordo com Valor Econômico. A expectativa era captar cerca de R$ 1,2 bilhão
JSL: expectativa era de que a precificação da oferta das ações ocorresse nesta segunda-feira (29) (foto/Divulgação)
JSL: expectativa era de que a precificação da oferta das ações ocorresse nesta segunda-feira (29) (foto/Divulgação)
N
Natália Flach

Publicado em 29/04/2019 às 12:30.

Última atualização em 11/07/2019 às 17:23.

São Paulo - A empresa de logística JSL desistiu de fazer oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da locadora de equipamentos e caminhões Vamos, de acordo com informações do jornal Valor Econômico. A explicação seria a falta de investidores interessados em pagar o patamar de preço pretendido pela companhia — a precificação estava prevista para esta segunda-feira (29). Como não havia demanda para a faixa de preço de R$ 17 a R$ 21, a controladora desistiu de fazer a abertura de capital da empresa.

De acordo com o prospecto do IPO, divulgado na quarta-feira passada (24), a expectativa era captar cerca de R$ 1,2 bilhão. O coordenador-líder da operação era o Bradesco BBI, e ainda contava com a participação do BTG Pactual, Santander, Bank of America Merrill Lynch, corretora XP, BB Investimentos, Caixa e Credit Suisse.