JSL anuncia oferta de ações de braço de logística e pode captar R$ 1,25 bi

Companhia de logística passa por reestruturação e vai utilizar recursos levantados para reforçar estrutura de capital e acelerar crescimento
 (JSL/Divulgação)
(JSL/Divulgação)
D
Da Redação com Agência Reuters

Publicado em 28/08/2020 às 11:30.

Última atualização em 28/08/2020 às 13:32.

O conselho de administração da JSL aprovou uma oferta de até 86,7 milhões de ações de seu braço de logística, com distribuição primária e secundária, que espera precificar em 8 de setembro.

Considerando o intervalo esperado de precificação da oferta, que varia de 11,07 a 14,44 reais, a oferta pode captar até 1,25 bilhão de reais. Os recursos serão utilizados para otimizar a estrutura de capital da companhia com o objetivo de acelerar o seu crescimento, segundo fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta sexta-feira, 28.

A oferta restrita (exclusiva para investidores profissionais) consistirá na distribuição pública primária de 72.255.762 novas ações de emissão da companhia (oferta primária base), que poderá ser acrescida em até 14.451.152 ações ordinárias de emissão da companhia e de titularidade do acionista vendedor, a holding Simpar.

A operação acontece no âmbito da reorganização societária da companhia e tem como coordenadores XP Investimentos, BTG Pactual, JPMorgan, Itaú BBA, Santander Brasil e BB Investimentos.