Investidor estrangeiro tira R$ 337 milhões da bolsa em setembro à espera de resultado das eleições

Foi o terceiro mês em que o saldo ficou negativo, mas acumulado do ano ainda é positivo em R$ 72 bilhões
Depois de maior entrada de investimento estrangeiro em agosto, fluxo fica negativo em setembro (Germano Lüders/Exame)
Depois de maior entrada de investimento estrangeiro em agosto, fluxo fica negativo em setembro (Germano Lüders/Exame)
R
Raquel BrandãoPublicado em 04/10/2022 às 20:40.

Com ambiente de incertezas diante da eleição e volatilidade no cenário externo, os investidores estrangeiros tiraram dinheiro da Bolsa brasileira em setembro. No mês, o fluxo de investidor estrangeiro ficou negativo em R$ 337 milhões. Esse saldo é tudo que foi comprado e vendido no mês pelos investidores estrangeiros.

LEIA MAIS:

Ibovespa hoje: bolsa não acompanha rali do exterior e fecha no zero a zero

Os números refletem o movimento de "stand by" do investidor estrangeiro para qual deve ser o resultado das eleições, revertendo o fluxo positivo de R$ 17,98 bilhões registrado em agosto, que é o maior até em um mês de 2022 até agora.

A maior retirada mensal aconteceu em maio, quando o investidor estrangeiro resgatou R$ 6,17 bilhões da Bolsa. O outro mês de retirada foi em abril, quando houve resgate líquido de R$ 5,94 bilhões. Os dados foram compilados pela plataforma TradeMap.

No acumulado do ano até setembro, porém, o fluxo ainda é positivo em R$ 71,91 bilhões, na contramão do que se observou no total de 2021 e 2020, quando o fluxo de investidores estrangeiros ficou negativo em R$ 7,2 bilhões e R$ 39,7 bilhões.

 

 

Veja Também

Brasil fica de fora do maior rali em emergentes desde 2016
seloMercados
Há uma semana • 3 min de leitura

Brasil fica de fora do maior rali em emergentes desde 2016

Ibovespa sobe com Powell mas cai 3% em novembro
seloMercados
Há uma semana • 4 min de leitura

Ibovespa sobe com Powell mas cai 3% em novembro