Ibovespa sobe com commodities e fecha semana em alta de 1,5%

Dólar cai mais de 3% no acumulado semanal e Vale salta com melhora de percepção sobre atividade econômica da China
 (Germano Lüders/Exame)
(Germano Lüders/Exame)
Por Beatriz Quesada, Guilherme GuilhermePublicado em 20/05/2022 17:33 | Última atualização em 20/05/2022 17:33Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Ibovespa hoje: o principal índice da brasileira fechou esta sexta-feira, 20, em alta, seguindo o bom humor internacional motivado pelo corte da taxa preferencial de empréstimo de cinco anos pelo Banco Central da China na última noite. Com o resultado, o Ibovespa encerrou sua segunda semana consecutiva de ganhos, subindo 1,47% no acumulado semanal.

  • Ibovespa: + 1,39%, 108.487 pontos

A decisão chinesa foi na contramão do aperto monetário dos principais bancos centrais do mundo. O movimento também ajudou a reduzir as crescentes preocupações sobre a demanda da segunda maior economia do mundo diante de restrições para conter a covid-19 nas principais cidades do país.

"É mais um passo [da China] para a redução do custo de aquisição de imóveis, numa tentativa de estimular o segmento. Isso cria um apetite de maior apetite ao risco na China, pavimentando um ambiente [de investimentos] melhor", disse Arthur Mota, economista do BTG Pactual, em morning call desta manhã.

No câmbio, o bom humor favoreceu o real, com o dólar caindo a R$ 4,85 na mínima do dia – a menor em um mês. Na semana, a moeda acumula queda de 3,64%.

  • Dólar comercial: - 0,87%, a R$ 4,874

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

Destaques de ações

A melhora de humor se refletiu principalmente em ativos mais ligados à economia chinesa. A Vale, uma das maiores exportadoras de minério de ferro para a China, registrou quase 2% de alta nesta sessão. A mineradora é a empresa com o maior peso no Ibovespa, tendo um papel chave para a forte alta do índice desta sexta. 

Outros papéis ligados ao, como CSN e CSN Mineração subiram mais de 3% e ficaram entre as maiores altas do dia. 

  • CSN (CSNA3): + 4,97%
  • CSN Mineração (CMIN3): + 3,60%
  • Vale (VALE3): + 1,77%

A expectativa de maior demanda na China ajudou a impulsionar até o preço do petróleo, que volta a superar US$ 113 por barril. A apreciação contribui com a valorização petrolíferas, que chegam a subir mais de 1% na bolsa brasileira. A Petrobras, cujas ações tem a segunda maior participação na carteira teórica do Ibovespa, ajuda a puxar os ganhos do índice.

  • PetroRio (PRIO3): + 2,45%
  • Petrobras (PETR4): + 1,93%
  • Petrobras (PETR3): + 1,40%

Fora do Ibovespa, as units da GetNet lideram as altas da bolsa. Os papéis da companhia de maquininhas do Santander dispararam mais de 20%, após oferta de sua controladora e subsidiária do banco fazer uma oferta para tirá-la da bolsa. O prêmio oferecido foi de 30% em relação à cotação do último fechamento.

  • GetNet (GETT11): + 22,47%