Ibovespa cai 10% em abril e tem primeiro mês negativo do ano

Bolsas americanas desabam, com Nasdaq registrando pior resultado mensal desde 2008
Painel com cotações na bolsa brasileira, a B3 (Germano Lüders/Exame)
Painel com cotações na bolsa brasileira, a B3 (Germano Lüders/Exame)
Por Beatriz QuesadaGuilherme Guilherme

Publicado em 29/04/2022 às 17:38.

Última atualização em 29/04/2022 às 18:07.

Ibovespa hoje: o último pregão do mês de abril foi de volatilidade para a bolsa brasileira. O principal índice da B3 começou esta sexta-feira, 29, subindo mais de 1,5%, ancorado nas altas das ações de commodities. Ao longo da tarde, no entanto, o Ibovespa virou para queda, acompanhando o derretimento das bolsas americanas.

  •  Ibovespa: - 1,86%, 107.876 pontos

Por lá, os principais índices de Wall Street afundaram com investidores repercutindo resultados corporativos piores que o esperado. O principal destaque negativo foram as ações da Amazon, que desabaram mais de 12%. A companhia teve prejuízo de US$ 7,56 por ação, enquanto o mercado esperava lucro de US$ 8,37. O prejuízo total foi de US$ 3,7 bilhões no trimestre.

  • Dow Jones (EUA): - 2,77%
  • S&P 500 (EUA): - 3,63%
  • Nasdaq (EUA): - 4,17%
  • Amazon (EUA): - 14,05%

Para além dos resultados, investidores estão preocupados com o ciclo de alta de juros no Estados Unidos, que pode ser intensificado já na próxima quarta-feira, data da próxima reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano). 

A perspectiva de juros mais altos na maior economia do país esteve no radar dos investidores ao longo de todo o mês de abril, e foi uma das principais responsáveis pela saída dos investidores dos mercados de renda variável em especial, das bolsas emergentes.

O fluxo estrangeiro que vinha sustentando o Ibovespa nos primeiros meses de 2022 reverteu a tendência. Em abril, o fluxo de investimento do investidor estrangeiro na B3 ficou negativo em R$ 5,33 bilhões.

Outro ponto que contribuiu para a queda foram as perdas das commodities. A política de covid zero na China, que retomou lockdowns por todo o país, fez cair os preços das commodities, prejudicando algumas das principais ações da bolsa brasileira.

O resultado foi uma queda de 10,10% do Ibovespa em abril. No ano, o índice ainda acumula alta de 2,91%. 

No câmbio, a aversão a risco no exterior volta a impulsionar o dólar ante o real. A moeda americana chegou a cair 1,3%, mas virou para leve alta e subiu 0,02%, a R$ 4,94 reais. No mês, o dólar avançou 3,9% ante o real com alta de 2,8% apenas nesta semana. 

Destaques de ações

Mais cedo, o Ibovespa vinha subindo puxado pelas ações da Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3/PETR4), que avançam seguindo a apreciação das commodities. O cenário, no entanto, mudou com o avanço do sentimento de aversão a risco no exterior. 

A Vale, que chegou a subir mais de 2% acompanhando a alta de 4% no preço dos contratos de minério negociados na bolsa de Dalian, na China. 

A alta, segundo a Reuters, foi motivada pelos planos de estímulos econômicos do governo chinês, que busca atenuar os efeitos de novas restrições para conter o avanço do coronavírus no país. O pacote chinês deve beneficiar, especialmente, os setores industriais, de infraestrutura e mercado imobiliário, segundo a agência. 

Ao longo da tarde, porém, a mineradora reduziu o movimento de alta e as siderúrgicas também beneficiadas pela alta da commodity entraram em terreno negativo.

  • Vale (VALE3): + 0,31%
  • CSN (CSNA3): - 1,54%
  • Gerdau (GGBR4): - 2,51%

Já o petróleo, que subia após a imprensa internacional noticiar que a Alemanha está mais disposta a apoiar sanções da Europa sobre o petróleo russo, arrefeceu o movimento de alta. Os papéis da Petrobras, que subiram mais de 3%, caem para menos de 1% de alta.

  • Petrobras (PETR3): + 0,66%
  • Petrobras (PETR4): + 0,76%

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

Acompanhando o mercado americano, as maiores quedas do dia no mercado brasileiro também foram de papéis de tecnologia vale lembrar que o setor é um dos mais penalizados em um cenário de juros mais altos. O Inter lidera as perdas do pregão, caindo mais de 6%.

  • Inter (BIDI11): - 6,37%
  • Locaweb (LWSA3): - 5,50%
  • Americanas (AMER3): - 4,76%

Na ponta positiva, o destaque são as ações da Multiplan (MULT3), que apresentou na véspera seu balanço do primeiro trimestre. A empresa de shopping centers aumentou seu lucro líquido em 270,5% na comparação anual para R$ 171,58 milhões.

  • Multiplan (MULT3): + 4,14%