Live icon 

ELEIÇÕES 2022:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

Gol terá aporte de US$ 200 mi da American Airlines; entenda o acordo

Companhia passará a deter 22,2 milhões de ações preferenciais recém-emitidas da Gol, a US$ 9 o papel
American Airlines passa a deter 22,2 milhões de ações preferenciais recém-emitidas da Gol | Foto: Array/Reprodução (Array/Reprodução)
American Airlines passa a deter 22,2 milhões de ações preferenciais recém-emitidas da Gol | Foto: Array/Reprodução (Array/Reprodução)
D
Da Redação

Publicado em 15/09/2021 às 08:42.

Última atualização em 16/09/2021 às 06:20.

A Gol (GOLL4) anunciou ao mercado nesta manhã de quarta-feira, 15, a expansão de sua cooperação comercial com a American Airlines por meio de um acordo de codeshare exclusivo pelos próximos três anos.

Como parte do acordo, a Gol receberá da American Airlines um investimento em equity de 200 milhões de dólares (1,05 bilhão de reais). A American Airlines passa a deter 22,2 milhões de ações preferenciais recém-emitidas da Gol, com uma participação de 5,2% da companhia. As informações foram divulgadas pela Gol em fato relevante.

O preço por ação na operação será de 9,00 dólares, ou 47,03 reais ao câmbio da terça-feira, dia 14. É um prêmio de 144% em relação aos 19,28 reais no fechamento de terça e de 31,8% em relação ao preço médio de negociação no segundo semestre de 2019, pré-pandemia.

Nos últimos 12 meses, o papel acumula uma queda de 8,16%.

O codeshare representa um acordo de compartilhamento de voos entre companhias aéreas, ou seja, o cliente pode comprar a passagem pela American Airlines e viajar com o avião da Gol.

Segundo a companhia brasileira, a exclusividade adicionada ao codeshare aumenta as oportunidades de viagens dos passageiros e melhora a posição competitiva da Gol nas rotas que conectam América do Sul e Norte.  

“Acreditamos que isso fortalecerá ainda mais a presença da Gol nos mercados internacionais, acelerará nosso crescimento de longo prazo e maximizará o valor para nossos acionistas. Também ratifica a confiança no crescimento da companhia conforme a economia se reabre e a demanda por viagens aumenta”, afirma no documento o CEO da Gol, Paulo Kakinoff. 

Em vigor desde fevereiro de 2020, os voos da parceria atualmente operam nos hubs da Gol em São Paulo e no Rio de Janeiro, integrando 34 opções de rotas brasileiras e internacionais, como é o caso de Montevidéu, no Uruguai.

O aprofundamento da parceria da American com a Gol é um desfecho natural depois que a Delta Airlines deixou a companhia brasileira, no fim de 2019, para assumir um investimento na chilena Latam.