Fernando Borges é escolhido como presidente interino da Petrobras (PETR4) após demissão de Coelho

Ex-presidente renunciou ao cargo nesta manhã após pressão sobre preços de combustíveis
Petrobras: estatal escolhe presidente interino (Pilar Olivares/Reuters)
Petrobras: estatal escolhe presidente interino (Pilar Olivares/Reuters)
Beatriz Quesada
Beatriz Quesada

Publicado em 20/06/2022 às 11:38.

Última atualização em 20/06/2022 às 16:46.

A Petrobras (PETR3/PETR4) informou em novo fato relevante divulgado nesta segunda-feira, 20, que Fernando Borges, diretor executivo de exploração e produção da companhia, será o presidente interino até a eleição e posse do novo presidente.

Borges assume o cargo após José Mauro Coelho ter renunciado ao posto nesta manhã, em meio à pressão do governo para redução dos preços dos combustíveis.

No entanto, o indicado pelo governo para substituir Coelho é Caio Paes de Andrade, secretário de desburocratização do Ministério da Economia e tido no mercado como nome de confiança do ministro Paulo Guedes. Borges deve permanecer no cargo até que Paes de Andrade tenha o aval da assembleia de acionistas para assumir a presidência da empresa.