Eneva levanta R$ 4,2 bilhões em oferta de ações

Empresa de gás e energia elétrica utilizará os recursos para a aquisição da Celse, anunciada no fim de maio
Eneva: empresa está vendendo 300 milhões de novas ações a R$ 14,00 cada (Eneva/Divulgação)
Eneva: empresa está vendendo 300 milhões de novas ações a R$ 14,00 cada (Eneva/Divulgação)
B
Bloomberg

Publicado em 27/06/2022 às 06:49.

Última atualização em 27/06/2022 às 08:00.

A Eneva (ENEV3), empresa de gás e energia elétrica que tem o Banco BTG Pactual (do mesmo grupo controlador da EXAME) entre seus principais acionistas, levantou R$ 4,2 bilhões em sua oferta subsequente de ações.

A empresa está vendendo 300 milhões de novas ações a R$ 14,00 cada, um desconto de 2,5% em relação ao preço de fechamento de sexta-feira. O BTG comprou cerca de R$ 1,5 bilhão em ações, segundo uma das pessoas pessoas envolvidas na operação.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

A Eneva e o BTG Pactual não responderam imediatamente a pedido de comentário. O BTG liderou a operação, que também contou com a coordenação de Bank of America, Banco Itaú BBA, Banco Bradesco BBI, Citigroup, JPMorgan, UBS BB e Santander Brasil.

A empresa utilizará os recursos para a aquisição da Celse, anunciada no fim de maio, de acordo com o prospecto da oferta.

As novas ações começam a ser negociadas na B3 no dia 28 de junho.