Eneva cai 10% em dois dias com notícia sobre venda de fatia pelo BTG

Nesta sessão, os papéis da companhia recuam mais de 3%, entre as maiores quedas do Ibovespa
 (Eneva/Divulgação)
(Eneva/Divulgação)
Paula Barra
Paula Barra

Publicado em 14/04/2021 às 16:20.

Última atualização em 14/04/2021 às 17:27.

As ações da Eneva (ENEV3) voltam a aparecer entre as maiores perdas do Ibovespa nesta quarta-feira, 14, em meio à notícia de que o BTG Pactual (do mesmo grupo controlador da EXAME) começou a se desfazer de posição que detém na empresa, segundo informações de ontem do site Brazil Journal. Nesta sessão, os papéis da companhia recuavam 3,28%, segundo cotação das 16h20. Nas duas últimas sessões, acumulam desvalorização de 10%.

Segundo o site, o banco, que detinha até então 22,89% do capital da companhia, colocou à venda na véspera um bloco de 27 milhões de ações, o equivalente a 10% de sua posição na empresa.

Ainda de acordo com a publicação, a saída do banco da empresa ocorre em um momento em que o BTG aumenta sua participação no Banco Pan e investe na InfraCo, divisão especializada em fibra óptica da Oi. Na segunda-feira, a operadora de telecomunicações informou que aceitou a proposta vinculante revisada apresentada pelo grupo BTG para aquisição parcial da InfaCo.