Ela recebeu R$ 64 mil em 2 dias com profissão do mercado financeiro; como?

Marília Yamassaki recebia bolsa universitária de R$ 400 por mês até que conheceu uma profissão do mercado financeiro que paga “salários” robustos aos iniciantes
A profissão permitia que ela trabalhasse de qualquer lugar do mundo, no horário que quisesse e poderia ser feito concomitantemente a outras atividades. (Reprodução/Shutterstock)
A profissão permitia que ela trabalhasse de qualquer lugar do mundo, no horário que quisesse e poderia ser feito concomitantemente a outras atividades. (Reprodução/Shutterstock)
Por ATOM - UM CONTEÚDO PROMOCIONALPublicado em 28/03/2022 18:31 | Última atualização em 28/03/2022 20:14Tempo de Leitura: 11 min de leitura

“O dia em que eu mais ganhei foi em uma quinta-feira, R$ 33 mil, foi absurdo. E na mesma semana, na quarta-feira, eu tinha feito R$ 31 mil. Em dois dias, ganhei R$ 64 mil. Quando caiu esse dinheiro na minha conta, eu não sabia nem o que fazer…” 

Esse é o relato de Marília Yamassaki, de 24 anos, que hoje trabalha com uma das profissões mais cobiçadas do mercado financeiro. Ela tomou conhecimento deste mercado em 2020, quando ainda tinha 22 anos.

Na época, Marília recebia uma bolsa universitária de R$ 400 por mês, além de trabalhar como garçonete e tradutora para complementar sua renda mensal. Até que se deparou com a oportunidade de atuar em uma profissão reconhecida por pagar salários acima da média do mercado e que não exige experiência prévia aos iniciantes.

Mas não parava por aí. A profissão permitia que ela trabalhasse de qualquer lugar do mundo, no horário que quisesse e poderia ser feito concomitantemente a outras atividades. Ou seja, ela poderia continuar recebendo sua bolsa universitária caso nada daquilo desse certo.

Diante disso, em dezembro de 2020, a então estudante decidiu se dedicar a aprender a profissão que, em pouco tempo, faria com que ela recebesse “salário” de 5 dígitos em dois dias. Foram quatro meses de aprendizado até que se sentisse apta para a função.

Após o período de treinamento, Marília começou a trabalhar de forma experimental e, em pouco tempo, sentiu segurança para colocar “as mãos na massa”. E o resultado, após quatro meses praticando, foi o que contei a você no início desta reportagem: em dois dias de trabalho, a estudante acumulou R$ 64 mil pelo bom desempenho e recebeu um “salário” superior ao de um juiz.

Foram R$ 31 mil acumulados em uma quarta-feira e outros R$ 33 mil no dia seguinte, resultando em uma quantia de R$ 64 mil em cerca de 48 horas:

Gráfico demonstrando resultado de 48h

(Arquivo pessoal Marília Yamassaki/Reprodução)

Para você ter uma ideia, um juiz recebe salário inicial de R$ 30.662,48, segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo. Mas, para atingir tal cargo e salário, é exigida a graduação em Direito, com duração de cinco anos, além de três anos de atividade jurídica depois de graduado.

Ou seja, para chegar a um salário de R$ 30 mil, seriam necessários pelo menos 8 anos de dedicação, sem levar em conta o período de estudos para o concurso, que costuma ser bastante concorrido…

Mas, como dito anteriormente, para Marília esse caminho foi encurtado. Em cerca de quatro meses, a estudante aprendeu uma profissão que possibilitou a ela receber a bagatela de R$ 64 mil em dois dias.

Na ponta do lápis, isso significa que ela garantiu um “salário” mensal de R$ 5,3 mil pelo resto do ano com “meras” 48 horas de trabalho.

Em um país onde 90% dos trabalhadores ganham menos de R$ 3,5 mil por mês, de acordo com dados do IBGE, Marília pode se considerar rica com um salário desses. Mas tenho certeza de que você está se questionando que tipo de trabalho permite ganhar tanto dinheiro em tão pouco tempo.

Pode ser que você ainda não tenha ouvido falar dele, mas a verdade é que quase meio milhão de brasileiros ao menos já tiveram experiências com este trabalho algum dia. E, em um contexto em que o desemprego no Brasil atinge mais de 12 milhões de pessoas, segundo o G1, ele pode ser uma boa oportunidade para você que deseja começar uma carreira do zero.

O que levou Marília a ter uma virada financeira com a bolsa de valores?

O que possibilitou à Marília um “salário” acima da média do mercado, além de poder trabalhar de onde quiser, no horário em que achasse melhor, e garantindo meses de dinheiro no bolso, foram operações na bolsa de valores.

Popularmente conhecido como “day trade”, trata-se de uma prática de compra e venda de ativos ou derivados realizada em um único dia na bolsa. E, embora essa profissão seja rodeada de tabus e preconceitos, a verdade é que ela é hoje uma das mais cobiçadas do mercado financeiro.

Não à toa, a quantidade de pessoas que trabalham com o day trade no Brasil só cresce. Para você ter uma ideia, o número de traders brasileiros dobrou em 2020, em meio às taxas de juros nas mínimas históricas. E o motivo é o seguinte: esse é o trabalho que remunera mais rápido seus profissionais.

E como se não bastassem os ótimos pagamentos recebidos pelas operações feitas na bolsa diariamente, o profissional ainda esbanja outros benefícios. Trabalhar de forma remota, ter baixa barreira de entrada (não exige experiência ou faculdade) e poder ser conciliado com outras atividades são apenas algumas das regalias da profissão.

No entanto, devido aos ganhos acima da média, muitas vezes essa profissão acaba sendo desacreditada. Afinal, seria mesmo possível que uma pessoa com apenas quatro meses de experiência na área tivesse ganhos de R$ 64 mil em dois dias, como ocorreu com Marília?

Pode parecer difícil de acreditar em um primeiro momento, mas os ganhos dessa ordem são mais comuns do que se imagina. Isso porque, ao contrário da maioria dos investimentos do mercado financeiro, aqui estamos falando de algo dinâmico e rápido.

Para você ter uma ideia, foi necessário operar 60 minicontratos para que Marília alcançasse ganhos de R$ 33 mil na quinta-feira. Mas, justamente por ser uma profissão com resultados rápidos, é preciso também muita técnica.

Você já deve ter se deparado com a pesquisa feita pela FGV, que mostra que apenas 5% dos profissionais têm bom desempenho. Assim como em qualquer outra profissão, essa também requer conhecimento e experiência.

Marília não teve os ganhos citados acima do dia para a noite. Antes de alcançar os 5 dígitos, ela começou com metas pequenas, de R$ 10 por dia, durante duas semanas. E, conforme evoluia e se sentia mais confiante, a estudante renovava suas metas para patamares mais altos.

Além disso, Marília também gerenciava os riscos conforme avançava, determinando um teto máximo para perdas. Dessa forma, ela protegia os ganhos que já havia conquistado, concordando em correr o risco de perder apenas uma pequena parcela do montante.

Mas não pense que ela aprendeu tudo isso sozinha. Embora a estudante tenha se dedicado para aprender a profissão, ela contou com uma boa base de aprendizado oferecida pela maior empresa de traders da América Latina, a Atom.

A empresa é comandada por Carol Paiffer e é avaliada em mais de R$ 100 milhões. Atualmente, o foco da Atom é justamente esse: formar bons profissionais de day trade para operarem na bolsa de valores. Mas, é claro, com um interesse pessoal.

Reconhecendo que o mercado de traders ainda está em estágio inicial no Brasil em comparação aos países mais desenvolvidos, a companhia optou por arcar com a formação de seus próprios profissionais.

Dessa forma, ela oferece uma formação completa para traders, que pode ser feita em poucos meses, como foi o caso de Marília, para que estes comecem a ter resultados na bolsa de valores. Mas a empresa ainda deu um passo à frente do mercado.

Além de formar e qualificar traders para o mercado brasileiro, a Atom seleciona alguns deles para trabalhar com ela em condições pouco comuns. Aqueles com o melhor desempenho ao longo da formação são convidados para operar com o dinheiro da empresa e receber 80% dos lucros obtidos.

“Não importa se você não sabe nada sobre investimentos ou se já tem alguma experiência. Saiba que é possível começar tendo uma renda diária de até R$ 3 mil operando na bolsa de valores com o capital que eu disponibilizo na Atom”, explica Paiffer.

A CEO acredita que todas as pessoas deveriam ao menos ter a oportunidade de conhecer essa possibilidade de trabalho. É por essa razão que ela se propôs a realizar uma transmissão online e gratuita na próxima terça-feira, 29, às 19h, a fim de explicar como você pode participar dessa oportunidade.

Para Paiffer, “a linha de aprendizagem desse ramo do mercado financeiro é ágil e você consegue enxergar os resultados do seu empenho e estudo rapidamente”. Foi isso o que aconteceu com Marília e, quem sabe, pode acontecer com você também.

[INSCRIÇÃO GRATUITA] SAIBA COMO VOCÊ PODE RECEBER “SALÁRIO” MAIOR QUE DE JUIZ COM UMA DAS PROFISSÕES MAIS COBIÇADAS DO MERCADO FINANCEIRO

Iniciantes dessa profissão chegam a ganhar de R$ 500 a R$ 3 mil por dia

Você não vai precisar de muito dinheiro ou muito conhecimento para ter seus primeiros resultados positivos com operações diárias na bolsa de valores. Na verdade, você não vai precisar de dinheiro nenhum e ainda assim poderá atuar nessa profissão nos próximos meses, já que a Atom está disposta a dar dinheiro para você operar.

Com o método criado por Paiffer e seus colaboradores, você terá a oportunidade de aprender como faturar de R$ 500 a R$ 3 mil por dia em seus primeiros meses de experiência, apenas com um computador ou celular em mãos. O resto fica por conta da empresa, que irá disponibilizar o capital e o conhecimento necessário para fazê-lo chegar lá.

E a grande vantagem é que, embora o dinheiro seja dado pela Atom, a maior parcela dos lucros ficará no seu bolso. Afinal, a empresa concorda em ceder 80% dos resultados que você obtiver com as operações. Ou seja, fica apenas com a menor parte, de 20%.

Pode não parecer inteligente para você em um primeiro momento, mas essa estratégia permitiu que Paiffer criasse uma legião de profissionais trabalhando para ela:

“Sabe o que eu fazia quando eu precisava de dinheiro? Eu abria o meu computador e realizava uma operação. Hoje eu tenho mais de 70 pessoas fazendo exatamente isso pra mim” – Carol Paiffer

No entanto, se por algum motivo você não estiver interessado em trabalhar com a Atom, não tem problema nenhum. A empresa ainda irá lhe fornecer todo o conhecimento necessário para que você se torne um bom profissional de day trade da mesma forma.

Isso porque, além de obter lucro com esse modelo de negócio, a empresa também se torna uma referência no mercado brasileiro quando o assunto é a formação de profissionais de day trade qualificados. Pois, como você já deve saber, não existe uma faculdade que ensine a obter lucros com operações rápidas na bolsa… Pelo menos não até o momento.

Mas vale ressaltar que, com o subsídio fornecido pela Atom, você não estaria colocando nenhuma parte do seu patrimônio em risco, ao contrário de traders que decidem operar por conta própria.

Afinal, essa profissão pode ser bastante arriscada. Como dito anteriormente, apenas 5% dos traders obtêm resultados positivos no Brasil. Por isso que Paiffer não recomenda que você faça isso sozinho, sobretudo se for um principiante… Ela sabe que, se feito da maneira errada, o day trade pode trazer prejuízos irreparáveis.

É por essa razão que ela não quer que você se arrisque e concorde a trabalhar com ela na Atom. Paiffer irá ensiná-lo como operar mercados futuros (dólar, índice, mercado de soja e milho), sem correr riscos desnecessários e levando a maior parcela dos lucros.

Se quiser entrar nessa empreitada, a CEO tem um convite para lhe fazer. No dia 29 de março, às 19h, ela estará ao vivo em uma transmissão gratuita para tirar todas as suas dúvidas sobre essa profissão que se tornou uma das mais cobiçadas da atualidade:

CADASTRE-SE PARA A TRANSMISSÃO GRATUITA E SAIBA COMO VOCÊ PODE RECEBER SALÁRIO MAIOR QUE DE JUIZ COM PROFISSÃO DO MERCADO FINANCEIRO

Veja como você pode participar da transmissão online e gratuita

Não importa se você nunca comprou uma ação na vida ou se já tem uma profissão… Essa pode ser uma oportunidade para ter uma segunda fonte de renda. Com poucos meses de dedicação, você poderá estar apto para operar na bolsa de valores e, quem sabe, conseguir ganhos tão significativos quanto os que Marília obteve.

Durante a formação para profissionais de day trade, Paiffer e sua equipe irão ensiná-lo como operar mini contratos na bolsa de valores, buscar os maiores lucros desse mercado e, além disso, como preservar os seus ganhos. Afinal, você não pode colocar tudo a perder depois que já tiver alcançado R$ 64 mil ou mais…

E, antes que você questione sobre a sua capacidade de obter os mesmos resultados que Marília, lembre-se que a Atom é referência na formação destes profissionais. Por isso, é certo dizer que você estará nas mãos certas caso opte por fazer essa formação.

Mas não é necessário tomar essa decisão agora. Neste momento, apenas considere participar da transmissão online e gratuita que acontecerá no dia 29 de março, às 19h, na qual Carol Paiffer falará com mais detalhes sobre a formação e quais as possibilidades de ganhos destes profissionais.

Para mim, parece estupidez ficar sem ao menos saber do que se trata a oportunidade. E pode ficar despreocupado: não será cobrado nenhum centavo sequer para que você possa participar da transmissão e ter acesso às informações compartilhadas por Paiffer.

            CADASTRE-SE PARA A TRANSMISSÃO GRATUITA E SAIBA COMO VOCÊ PODE RECEBER SALÁRIO MAIOR QUE DE JUIZ COM PROFISSÃO DO MERCADO FINANCEIRO

Este conteúdo é patrocinado e apresentado por Atom