Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

O dólar hoje fechou em queda nesta sexta-feira, 22. A moeda americana fechou em queda de 0,06% a R$ 4,932, mostrando uma leve recuperação do real em relação às quedas recentes. Isso ocorre em resposta aos comunicados de política monetária emitidos pelo Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, e pelo Banco Central do Brasil (BC), que foram percebidos como adotando uma postura mais restritiva. Ontem, o dólar fechou em alta de 1,13% a R$4,934.

Quanto está o dólar hoje?

dólar comercial hoje está sendo negociado a R$ 4,932. Nas casas de câmbio, o dólar turismo está sendo cotado a R$5,040. Ontem, a moeda era negociada a R$4,934.

Cotação do dólar

Dólar comercial

  • Venda: R$ 4,933
  • Compra: R$ 4,932

Dólar turismo

  • Venda: R$ 5,120
  • Compra: R$ 5,040

Qual a diferença do dólar comercial para o dólar turismo?

dólar comercial trata-se de milhares de dólares em transação no mercado de câmbio. Isso computa exportações, importações, transferências financeiras milionárias e que normalmente são feitas por grandes empresas e bancos.

Já o dólar turismo é comprado por pessoas físicas, normalmente em casas de câmbio, em menores quantidades para viagens ou até passado no cartão de crédito.

Por que o dólar turismo é mais caro?

cotação do dólar turismo é mais cara pois são compras muito menores do câmbio, ao contrário das transações feitas por grandes empresas e instituições. Logo, seu custo operacional com transporte de notas e taxa de corretoras ficam mais alto.

Por que o dólar cai?

Basicamente, o preço em relação ao real é calculado em função da disponibilidade de dólares no mercado brasileiro. Ou, seja, quando há uma grande quantidade de moeda norte-americana no país, a tendência é que o preço dela caia em relação ao real, já a baixa disponibilidade da moeda, por outro lado, faz com que o câmbio norte-americano se valorize em relação a nossa moeda.

Banco Central também tem o poder intervir na cotação. Quando a moeda americana dispara, é comum que o órgão use parte de sua reserva para injetar dólares na economia. Com mais disponibilidade, a cotação da moeda americana tende a cair.

Quais os impactos da queda do dólar?

A queda do dólar frente ao real traz impactos significativos para a economia brasileira. Entre os principais efeitos estão:

Exportações: Com um real mais valorizado, as exportações brasileiras tornam-se mais competitivas, impulsionando o setor e favorecendo a balança comercial.

Inflação: Uma cotação do dólar mais baixa pode ajudar a conter a inflação, uma vez que reduz o custo de importação de produtos.

Investimentos estrangeiros: Um real mais forte pode atrair investimentos estrangeiros para o país, impulsionando a economia e estimulando o crescimento de diversos setores.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
AGE da Petrobras (PETR4) aprova mudança de Estatuto Social com 54,98% dos votos

seloMercados

AGE da Petrobras (PETR4) aprova mudança de Estatuto Social com 54,98% dos votos

Há 3 horas

Petróleo fecha em baixa, após encontro da Opep com cortes voluntários de alguns países

seloMercados

Petróleo fecha em baixa, após encontro da Opep com cortes voluntários de alguns países

Há 3 horas

Ouro fecha em baixa, pressionado por alta do dólar e dos juros dos Treasuries

seloMercados

Ouro fecha em baixa, pressionado por alta do dólar e dos juros dos Treasuries

Há 4 horas

Bolsas da Europa fecham em alta, ante expectativa de cortes de juros pelo BCE no início de 2024

seloMercados

Bolsas da Europa fecham em alta, ante expectativa de cortes de juros pelo BCE no início de 2024

Há 4 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Com itens personalizados, Tramontina usa expertise para aproveitar alta dos presentes de fim de ano

Com itens personalizados, Tramontina usa expertise para aproveitar alta dos presentes de fim de ano

Suvinil investe para criar embalagens e produtos mais sustentáveis

Suvinil investe para criar embalagens e produtos mais sustentáveis

Inovação em nuvem e IA: a aposta da Huawei Cloud para o Brasil

Inovação em nuvem e IA: a aposta da Huawei Cloud para o Brasil

Poupança, CDB ou conta que rende? O que especialistas dizem sobre as aplicações
Minhas Finanças

Poupança, CDB ou conta que rende? O que especialistas dizem sobre as aplicações

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais