Invest

Dividendos extraordinários: Petrobras (PETR4) afirma que não tomou decisão sobre distribuição

Companhia propôs à Assembleia Geral Ordinária que o montante de R$ 43,9 bilhões seja destinado à reserva de remuneração do capital

Petrobras: papéis viram e voltam a subir com anúncio sobre dividendos extraordinários  (Wagner Meier/Getty Images)

Petrobras: papéis viram e voltam a subir com anúncio sobre dividendos extraordinários (Wagner Meier/Getty Images)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 4 de abril de 2024 às 17h59.

Última atualização em 4 de abril de 2024 às 18h15.

A Petrobras (PETR4) informou na noite desta quinta-feira, 4, que ainda não há uma decisão definitiva quanto à distribuição dos dividendos extraordinários.

Segundo comunicado, o conselho de administração da Petrobras propôs à Assembleia Geral Ordinária que o montante de R$ 43,9 bilhões, correspondente ao lucro remanescente do exercício de 2023, seja integralmente destinado à reserva de remuneração do capital.

A competência para aprovar a destinação do resultado, incluindo o pagamento de dividendos, cabe à Assembleia Geral de Acionistas, agendada para 25 de abril.

A companhia também reforçou seu compromisso em divulgar de 'forma tempestiva e transparente' quaisquer fatos considerados relevantes para o mercado.

Acompanhe tudo sobre:PetrobrasDividendosPETR4PETR3

Mais de Invest

Ibovespa abre em queda pressionado por índices de NY e inflação no Brasil acima do esperado

IA transforma tarefas em Wall Street, mas profissionais ainda estão céticos

Stellantis tem queda de 48% no lucro líquido do 1º semestre

Balanço da Vale (VALE3), IPCA-15 e PIB dos EUA: o que move o mercado

Mais na Exame