Invest

Data-com Petrobras (PETR4): veja até quando investir para receber os dividendos?

Petrobras aprova pagamento recorde de R$ 94,35 bilhões em dividendos

 (Wilson Melo/Agência Petrobras)

(Wilson Melo/Agência Petrobras)

Ana Cardim
Ana Cardim

Redatora

Publicado em 25 de abril de 2024 às 16h26.

Última atualização em 25 de abril de 2024 às 16h50.

Tudo sobrePetrobras
Saiba mais

Na tarde desta quinta-feira, 25, a Petrobras (PETR4) aprovou, em assembleia-geral ordinária, o pagamento no montante total de R$ 94.354.315.809,82 referente ao exercício social de 2023. Esse valor engloba as antecipações aprovadas ao longo de 2023 e pagas até março de 2024, que totalizaram R$ 58.214.901.362,50, além da proposta de dividendos complementares no valor de R$ 36.139.414.447,32.

Data de corte Petrobras (PETR4)

Os investidores da Petrobras devem estar atentos às datas de corte para o recebimento de dividendos, que variam conforme o tipo de ação detida. Para os detentores de ações negociadas na B3, a data de corte está marcada para o dia 25 de abril de 2024, enquanto para aqueles que possuem ADRs negociadas na NYSE, a data de corte será em 29 de abril de 2024. Após essas datas, as ações da Petrobras serão negociadas ex-dividendos em ambas as bolsas, a partir de 26 de abril de 2024.

Além disso, para os dividendos extraordinários, a data de corte está definida para 2 de maio de 2024 para os acionistas da B3, enquanto o record date será em 6 de maio de 2024 para os detentores de ADRs na NYSE. As ações serão negociadas ex-dividendos a partir de 3 de maio de 2024, tanto na B3 quanto na NYSE.

Acompanhe tudo sobre:PetrobrasPETR4PETR3DividendosAções

Mais de Invest

Quanto rendem R$ 25 milhões na poupança?

O que é herança legítima e como é feita a divisão?

CPI mais fraco nos EUA impulsiona aposta por três cortes de juros ainda neste ano

O que é o SIPC e como proteger seu investimento nos EUA

Mais na Exame