FRANÇA x DINAMARCA:

Acompanhe lance a lance a partida da Copa do MundoVeja agora.

Cielo (CIEL3) aprova emissão de R$ 3 bilhões em debêntures

Início do pagamento está previsto para primeiro semestre de 2023; taxa será de DI + 1,2% ao ano
Cielo: ação é a que mais subiu do Ibovespa no ano (Cielo/Divulgação)
Cielo: ação é a que mais subiu do Ibovespa no ano (Cielo/Divulgação)
Guilherme Guilherme
Guilherme GuilhermePublicado em 01/09/2022 às 09:04.

O Conselho de Administração da Cielo (CIEL3) aprovou a emissão de R$ 3 bilhões em debêntures simples, que será feita por meio de oferta restrita a investidores profissionais.

As debêntures da Cielo terão prazo de vencimento em três anos. A remuneração será de 100% da taxa DI acrescida de 1,2% ao ano. O pagamento será feito de forma semestral, com início previsto para o primeiro semestre de 2023.

A oferta de debêntures terá garantia firme dos coordenadores, que viabiliza a operação, mesmo que, eventualmente, a demanda seja abaixa da prevista.

O dinheiro arrecadado com a emissão de debêntures será utilizado no capital de giro, segundo a Cielo.

A emissão da dívida ocorre em meio à melhora de humor do mercado sobre a companhia, que se reflete no preço das ações.

Após anos sofrendo com a maior concorrência de fintechs, a companhia é a que mais subiu no Ibovespa em 2022, com alta acumulada de 146%. A Hypera, segunda empresa que mais subiu no índice, acumula valorização de 52,3% no período.